Mercado futuro de grãos perde confiança nos números do USDA

Publicado em 06/12/2011 08:28 530 exibições
Segundo uma análise do The Wall Street Journal, dos Estados Unidos, os relatórios sobre as safras de milho norte-americana divulgados pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) já não inspiram a mesma confiança do mercado e têm estimulado uma forte oscilação dos preços da commodity.

O periódico norte-americano mostrou que as previsões do departamento já erraram os números mais "do que em qualquer outro período de de dois anos consecutivos nos últimos 15 anos".
Além de dados sobre a colheita, os referentes aos estoques também já se mostraram equivocados trazendo grandes surpresas ao mercado. No dia 30 de setembro, o USDA mostrou as reservas de milho dos EUA 23% acima da estimativa prévia feita, o que fez com que, no mesmo dia, os futuros do cereal recuassem 6,3%, reduzindo em US$ 5 bilhões o valor da commodity nos campos.

Por conta de tamanha volatilidade das cotações, a Bolsa de Chicago há algum tempo estabeleceu limites para a oscilação dos preços. Desde o começo de 2009, o mercado já bateu o limite diário 20 vezes. Em oitro delas - 40% do total - essa forte volatilidade se deu em dias de relatório do USDA.

"Há hoje uma falta de confiança entre os produtores nos dados do governo. Será que eles não conseguem acertar?", diz Bill Christ, que colhe aproximadamente 2.500 toneladas de milho por ano em Matamora, no estado americano de Illinois.

Com informações do Valor Econômico. Veja mais detalhes na matéria:

>> Mercado perde confiança nas estimativas de safra do USDA

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas com Valor

0 comentário