POR QUE A ESQUERDA AINDA NÃO PERDEU, por Hiago Rebello, Instituto Liberal

Publicado em 20/06/2018 10:24 2036 exibições
no blog de Rodrigo Constantino

A esquerda não está morta, não está no chão, não está perdida e desorientada, sem ter um norte para se guiar e sem ter meios para formar uma coalizão. A esquerda está viva e forte, ainda tem todas as cartas na manga: a cultura artística, a mídia, as produções universitárias. As universidades estão pululando de autores direitistas? Alguma proposta liberal sendo defendida por grupos militantes em universidades com o mesmo poder de mobilização dos movimentos estudantis da esquerda?

Na cultura midiática em geral, não assistimos a novelas e a filmes nacionais com uma mensagem conservadora, visando os costumes tradicionais do brasileiro, o modelo familiar tradicional, etc.; assim como não vemos nenhuma mensagem conservadora ser transmitida comumente em programas na televisão.

Qual movimento artístico no Brasil, atualmente, se vê influenciado por nomes como o de Roger Scruton? Existe algum novela que mostre a moral religiosa tradicional do Brasil? Agências de propagandas estão promovendo críticas ao progressismo? Para todas essas perguntas apenas um sonoro “não” pode ser respondido.

Mas por que insistir no aspecto cultural? Por um motivo simples: a cultura é a tradução da mentalidade e dos hábitos de uma população. Como você vive dependerá de como pensa e age em determinadas situações. Alguém duvida de que o modo como pensamos e concebemos o mundo é importante para nossas ações práticas nesse mesmo mundo?

Enquanto direitistas ainda não possuem pouca imagem para o grande público, é a esquerda que detém os rostos famosos e os discursos na mídia. Quantos atores da Rede Globo se identificam com a esquerda mesmo? Como são compostas as equipes de redação e de jornalismo? Não vemos direitistas nesses ambientes, salvo algumas poucas exceções.

Mesmo com todas as conquistas conservadoras no país, não possuímos 10% do alcance das principais ideias da esquerda. Não vemos um debate entre distributivismo e liberalismo clássico na televisão, ou se devemos ser mais céticos ou mais crentes a respeito de políticas inovadoras, mas vemos programas matutinos afirmando que o maior problema do país é a “desigualdade” econômica, além das discussões sobre o porquê você não deve achar estranho seu filho começar a querer usar batom e a vestir saias.

Se quisermos criar perspectivas para o futuro, precisamos ser honestos e sérios em análises. Em termos de fixação na sociedade, a esquerda tem um futuro bem mais promissor, em curto e médio prazo, se compararmos com a direita. Perderemos, ainda, muito espaço e voz para o progressismo que, a cada dia, se firma cada vez mais no cotidiano e nas mentes da população.

No futuro, estaremos ainda em um mundo ainda mais louco e bizarro que o atual, mas para saber lidar com a insanidade futura, temos que saber, antes de mais nada, o que é são e o que é insano; saber mapear e identificar o terreno ao nosso redor, distinguir onde seria melhor a nossa presença e, finalmente, como agir.

Não esperem um futuro melhor. Esperem um mundo onde você será multado caso compartilhe um meme que feriu a imagem da esquerda, aguardem um mundo onde tentarão, a todo custo, esconder e calar cientistas que comprovem a irracionalidade da ideologia de gênero, um mundo onde seus filhos não poderão ter a educação que você escolher, mas aquela agendada pelo Estado. Esse futuro negativo não é pleno, não é imbatível ou mesmo absolutamente certo, mas, infelizmente, ainda é muito provável.

Instituto Paraná: Bolsonaro lidera em São Paulo (deixou Lula para trás)

O Instituto Paraná acaba de divulgar uma pesquisa feita em São Paulo sobre as intenções de voto na eleição presidencial.

Jair Bolsonaro lidera em todos os cenários.

Eis os resultados:

No cenário sem Lula (o real):

Bolsonaro: 21,4%

Geraldo Alckmin: 18,4%

Marina Silva: 11,7%

Ciro Gomes: 8,3%

Fernando Haddad: 5,1%

Alvaro Dias: 3,9%

No cenário com Lula (o irreal): 

Jair Bolsonaro: 20,6%

Lula: 19,5%

Geraldo Alckmin: 16,7%

Marina Silva: 9%

Ciro Gomes: 5,6%

Alvaro Dias: 3,5%

Na Paraíba, Bolsonaro critica Lula e ainda reforçou a promessa de armar a população (em O GLOBO)

CAMPINA GRANDE — O deputado federal e pré-candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, aproveitou a multidão reunida no aeroporto Presidente João Suassuna, em Campina Grande, na Paraíba, na tarde desta quinta-feira (21), para discursar em cima de um carro de som contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele também prometeu liberar armas de fogo para a população e, na sequência, caminhou pelo centro da cidade, visitando comerciantes e fazendo 'selfies' com eleitores.

— Só falta o Lula dizer que está sendo torturado. Ele enganou muita gente, e isso é uma verdade. Até eu já votei nele em 2002 — disse o deputado, que emendou — E o Ciro tem que fazer uma cirurgia de língua.

Bolsonaro desembarcou às 15h50 no aeroporto local, na companhia de Gustavo Bebianno, presidente do PSL. O pré-candidato deve cumprir uma agenda de visitas às festas de São João da cidade e de Patos, a cerca de 170 quilômetros dali, até o fim de semana.

Acompanhado do presidente da sigla no estado, Julian Lemos, que também coordena a própria pré-campanha para concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados, e de outros assessores, Bolsonaro foi recebido por cerca de 300 pessoas que gritavam "mito" e tiravam fotos com o celular. A maioria era composta por homens jovens que se organizaram por WhatsApp, Facebook e Instagram.

— Vamos, junto com o parlamento brasileiro, dar a vocês o direito à legítima defesa. Mais do que defender a vida de vocês, vamos dar meios para defender a liberdade de uma nação. E esses meios chamam-se "armas de fogo". Se os partidos estão armados, porque nós não temos que ter também que nos defendermos desse tipo de gente — disse Bolsonaro, ovacionado em seguida pelo público.

LEIA: Bolsonaro diz que não desistiu de ter Magno Malta como vice e apoio do PR na chapa

Meia hora antes do pouso, ônibus e vans começaram a chegar ao estacionamento do aeroporto. De um dos carros, um rapaz tirou quatro caixas de camisetas com a foto e o nome de Jair Bolsonaro, que passou a vender por R$ 30 a R$ 40 cada.

Além de policiais militares em motos, seguranças particulares armados com pistolas automáticas e com rádios (todos policiais militares e civis paraibanos em horário de folga), vestindo camisetas verde e amarela com a frase "Brasl acima de tudo, Deus acima de todos", bordão do presidenciável, desembarcaram de dois carros à paisana, sem identificação.

Convocados por Julian Lemos via Instagram, simpatizantes do presidenciável, quase todos homens com camisetas e faixas que estampavam o rosto de Bolsonaro, seguiram a caravana do pré-candidato até a praça da Bandeira, no centro de Campina Grande. Na sequência, Bolsonaro discursou para cerca de 500 pessoas na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).

Bolsonaro tem concentrado sua agenda no Nordeste. No último mês, esteve na Bahia, em Sergipe e no Maranhão, sempre recebido por pré-candidatos do partido que pretendem aproveitar a popularidade do capitão da reserva para angariar votos. Na próxima quinta-feira (28), Bolsonaro deve seguir para Fortaleza, no Ceará. Em julho, a agenda inclui uma viagem a Santarém, no Pará.

Adriano Oliveira, que é filiado ao PTB e disputou três vezes, sem sucesso, o cargo de vereador em Campina Grande, desviou da rotina do trabalho para ver a chegada de Bolsonaro no aeroporto.

— Abandonei a rota. Era para eu estar em Itabaiana, meu patrão nem sabe — disse ele, que é representante comercial de materiais para construção.

Outros presentes no aeroporto disseram que foram liberados do trabalho para receber o deputado. Houve fogos de artifício e buzinaço quando Bolsonaro chegou. Conhecida como "o maior São João do mundo", a festa de Campina Grande se estende até 8 de julho, e deve gerar um movimento de 2 milhões de pessoas, segundo os organizadores do evento.

Alguns sites de notícia locais chegaram a anunciar a presença do presidenciável juntamente com a de artistas e atrações musicais. Em Patos, os festejos tiveram início há dois dias e se encerrarão no próximo domingo (24).

xBolsonaro.jpeg.jpg.pagespeed.ic.eLkuTttEht.jpgO pré-candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, chega ao aeroporto de Campina Grande - Bruno Abbud/ Agência O GLOBO 

Veja ainda:

> Jair Bolsonaro na ÚNICA: independência total ao setor sucroenergético dentro do conceito genérico de liberdade econômica

Caso dos caças: Justiça suspende pela 3ª vez depoimento de Lula 

BRASÍLIA (Reuters) - O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) decidiu cancelar o depoimento marcado para esta quinta-feira do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da operação Zelotes. 

O juiz Néviton Guedes entendeu que a Justiça Federal do DF, que iria tomar o depoimento de Lula e dos demais, não tinha encerrado a fase de tomada de depoimentos de testemunhas no exterior (por meio das cartas rogatórias) -era essa uma exigência, prevista em decisão anterior, para se ouvir depois o ex-presidente e os demais réus no processo.

"Entendo prudente e necessário, imediatamente e com urgência, colher 

Lula, um dos filhos dele, Luís Cláudio Lula da Silva, e outros acusados são réus em processo por suspeita de irregularidades na compra do governo brasileiro dos caças suecos. É a terceira vez, desde o ano passado, que o petista tem um depoimento nesta ação suspensa.

O ex-presidente está preso desde 7 de abril, cumprindo pena no processo a que foi condenado no caso do tríplex do Guarujá (SP) e iria depor por videoconferência da carceragem da Polícia Federal em Curitiba (PR).

Na mesma decisão, o desembargador Néviton Guedes, relator do caso no TRF-1, suspendeu também o depoimento do filho de Lula, marcado para o dia 29 de junho. O magistrado ainda estendeu os efeitos da decisão e cancelou o depoimento do empresário Mauro Marcondes Machado, que iria depor nesta quinta-feira.

de Sua Excelência (juiz de primeira instância) informações sobre a necessidade por ele vislumbrada de realizar os interrogatórios sem aguardar o cumprimento das rogatórias", disse.

O 11 de setembro de Lula (em O Antagonista)

Sergio Moro agendou para 11 de setembro, às 14h, o interrogatório de Lula sobre o recebimento de propina da Odebrecht e da OAS por meio das reformas no sítio de Atibaia.

O petista será ouvido presencialmente pelo juiz federal. O interrogatório do pecuarista José Carlos Bumlai, amigão de Lula, foi marcado para o mesmo dia.

De acordo com a denúncia do MP, o presidiário de Curitiba recebeu propina de seis contratos entre a Petrobras e as duas empreiteiras, repassados por meio de reformas no sítio cujos custos chegaram a R$ 1,02 milhão.

Roberto Teixeira (o compadre) é réu, sim

A 8ª Turma do TRF-4 negou pedido de Roberto Teixeira para trancar a ação penal contra ele, investigado pela Lava Jato por lavagem de dinheiro no caso do sítio de Atibaia.

Para o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do habeas corpus, não há como afirmar neste momento que os fatos imputados ao réu são atípicos. Ele observou que, na denúncia, o advogado é citado 29 vezes em condutas praticadas por ele ou por terceiros.

Segundo o MPF, Teixeira teria contribuído para mascarar os valores da Odebrecht destinados à reforma do sítio.

Lula celebra absolvição de Gleisi

Gleisi Hoffmann postou em seu Twitter uma cartinha enviada por Lula da cadeia em Curitiba, celebrando sua absolvição pela Segunda Turma do STF.

Entre outras baboseiras, o condenado escreveu que a presidente do PT “enfrentou a pressão com a indignação dos inocentes e a coragem dos que lutam pela verdade e pela justiça”.

Disse ainda que o STF reagiu à “indústria das delações”, “desmoralizando o discurso e a prática da Lava Jato”. E voltou a culpar a “máquina de mentiras da Lava Jato e da TV Globo”.

É esse mentiroso, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, que a Segunda Turma pode soltar no próximo dia 26.

Em carta, presidente Lula comemora nossa vitória de ontem no STF.

"De vitória em vitória, vamos reconstruir este país e restaurar a esperança na democracia, na justiça e na igualdade" (@LulapeloBrasil).

Lula não é Gleisi

Gleisi Hoffmann se safou no STF.

Mas Lula deve continuar a cadeia.

Uma coisa é desmontar as denúncias de Rodrigo Janot, outra coisa é reverter uma pena imposta por Sergio Moro e corroborada por todos os desembargadores do TRF-4 e todos os ministros do STJ.

CVM processa Dilma por compra de Pasadena

A Comissão de Valores Mobiliários abriu um processo sancionador contra os 12 integrantes do conselho de administração da Petrobras, incluindo Dilma Rousseff, na época da compra de Pasadena, informa a Folha.

A aquisição da refinaria nos EUA, em 2006, provocou prejuízo de US$ 792 milhões para a estatal, segundo os cálculos do TCU –o provável pior negócio da história do capitalismo.

A CVM, que regula o mercado de ações no Brasil, acusa os conselheiros da estatal de não terem atuado no melhor interesse da companhia ao aprovar a operação.

Entre os acusados, além de Dilma, estão Antonio Palocci, o ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, os ex-diretores Nestor Cerveró, Paulo Roberto Costa, Renato Duque e Ildo Sauer, o economista Claudio Haddad, o ex-presidente do Santander Fabio Barbosa e o general da reserva Gleuber Vieira.

Fonte:
GazetadoPovo/Antagonista/Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

2 comentários

  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

    Essa matéria tinha passado despercebida para mim, mas vou dizer aos liberais por que a esquerda ainda domina. Domina por que vocês ficam se perdendo em teorias difíceis de entender para a maioria da população, eu entendi a teoria austríaca por que tive tempo de disposição para ler e pensar muito, a maioria não tem. Tudo o que vocês combatem em teoria está sendo praticado e divulgado em sites oficiais do governo, como o site do MAPA, do MICD, mas disso vocês não falam, não criticam. E não criticam por que? Por que aí seria preciso criticar pessoas, os integrantes, os dirigentes, as lideranças, e vocês não parecem dispostos a isso. Não tem coragem, não tem tutano. Leiam lá, vejam onde está indo o dinheiro público e por que o povo brasileiro anda perdido.

    3
  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    Somos afogados por divulgações, de pesquisas de intenções de votos, de notícias que o (pré) candidato do partido A não quer se unir ao partido B, de (pré) candidato que é chamado de "prostituto & caloteiro". Enfim são muitas, muitas e, coloca muitas notícias.

    Porque ninguém fala de um item básico em todas as eleições: O voto obrigatório.

    O Código Eleitoral de 1932 foi instituído durante o governo provisório de Getúlio Vargas, por meio do Decreto nº 21.076, com o objetivo de reformar a legislação eleitoral existente no país. Nesta reforma foi instituído o voto obrigatório, que vigora até a presente data.

    Sendo o voto um direito do cidadão, porque a obrigatoriedade de exercer o direito? ... Por que não tenho o direito em me abster de votar?...

    Com a palavra os PRÉ-candidatos aos cargos públicos...

    0
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Eu com minha "pescaria"... de "peixes insonsos", mas é um dos muitos "toques" de um velho matuto... Ainda sobre Frédéric Bastiat, economista francês que viveu no inicio do século XIX... "Não esperar senão duas coisas do Estado: Liberdade e Segurança, e ter bem claro que não se poderia pedir mais uma terceira coisa, sob o risco de perder as outras duas."

      0