União Europeia analisa alternativas para ajudar países em crise econômica

Publicado em 26/09/2011 08:59 177 exibições
O comissário de Assuntos Monetários da União Europeia, Olli Rehn, disse hoje (26) que está em estudo o fortalecimento do Fundo Europeu de Estabilização Financeira. Rehn evitou detalhar o que está sendo analisado, mas destacou que a medida vai complementar o chamado “guarda-chuva” de resgate a alguns países atingidos de maneira mais intensa pelos impactos da crise econômica mundial.

Segundo o comissário, há ameaças de uma nova crise bancária na Europa. "É muito difícil evitar contágios. A riqueza da Alemanha se baseia em um euro estável e em parceiros estáveis”, disse Rehn.

O comissário disse ainda que há uma necessidade urgente de recapitalização dos bancos. Segundo ele, os estudos em curso na União Europeia analisam essa possibilidade. “Estou confiante que os ministros das Finanças abordarão o tema em um encontro, dentro de uma semana”, acrescentou.

Ao mesmo tempo, o Fundo Monetário Internacional (FMI) sinalizou que pode não ter dinheiro suficiente para fornecer pacotes de resgate a grandes economias da zona do euro. A informação é da diretora-gerente da instituição, Christine Lagarde.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa, e da BBC Brasil.

Fonte:
Agência Brasil

0 comentário