Índios kadiwéu ocupam fazenda em Mato Grosso do Sul

Publicado em 22/08/2013 10:31
1221 exibições

Cerca de 120 índios da etnia kadiwéu ocuparam, nesta terça-feira (20), uma fazenda na região do Nabileque em Corumbá, a 444 km de Campo Grande. A informação foi passada ao G1 pelo advogado do dono da propriedade, Carlos Fernando de Souza, e confirmada pela Fundação Nacional do Índio (Funai).

De acordo com Souza, os indígenas chegaram ao local armados e montados em cavalos. Havia seis homens cuidado da segurança do local, quatro deles foram rendidos pelo grupo, o restante conseguiu fugir. Alguns tiveram ferimentos. A Funai afirma que não teve conhecimento sobre as agressões.

Leia a notícia na íntegra no site G1:

 

Veja também << Ministro da Justiça é comunicado sobre nova invasão indígena no MS

Fonte: G1 MS

4 comentários

  • roberto carlos maurer Almirante Tamandaré do Sul - RS

    O Novo Mega Campeão do Brasil de enriquecimento súbito é o proprietário desta Fazenda. Fazenda Fortaleza comprada e certificada em Cartório de Registro de Imóveis .

    Proprietário: FÁBIO LUIS LULA DA SILVA (isso mesmo)

    Propriedade: Fazenda na região de Valparaíso/SP

    Preço: 47 milhões de reais

    Pois é, o Lulinha, o filho do Presidente Lula, que há 05 anos era subempregado do Zoológico em São Paulo, agora acabou de comprar a fazenda Fortaleza (de porteira fechada) localizada às margens da rodovia Marechal Rondon, município de Valparaíso-SP, de propriedade do Sr. José Carlos Prata Cunha, um dos maiores produtores de boi Nelore do Brasil, pela simples bagatela de R$ 47.000.000,00 (quarenta e sete milhões de reais).

    O impressionante nesta trajetória de sucesso e rara inteligência é que de um salário de R$ 1.500,00 passou a proprietário, de uma vez só, de um patrimônio de 47 Milhões. O que levaria 2.612 anos.

    Veja só que competência, logo depois de comprar, levou essa fazenda a ser a primeira a receber o Certificado de Exportação de carne para Europa.

    Mas não fica só nisso a competência deste EMPREENDEDOR de sucesso, e que EMPREENDEDOR...

    No Pará nas regiões de Redenção , Marabá e Carajás, ELE comprou de Benedito Mutran Filho, herdeiro do conhecido Bené Mutran (homem forte da castanha) várias fazendas totalizando R$ 100.000.000,00 isso mesmo. Cem milhões de reais.

    Sócios no negócio:

    Duda Mendonça e Daniel Dantas.

    DEPOIS PERGUNTAM PORQUE ESSA BAGAÇA DE BRASIL NÃO VAI PRA FRENTE!!! Pra "PQP" com essas merdas! E ninguém faz nada???

    ÉPRACABAR!!!

    0
  • roberto carlos maurer Almirante Tamandaré do Sul - RS

    WILFREDO BELMONTE,DEPOIS LIDO E PASSADO TODOS OS COMENTÁRIOS E LIDO SUA REPLICA, CHEGO A MINHA CONCLUSÃO MESMO O SR. SENDO FORMADO EM BIOLOGIA NO MEU CONCEITO É UM BABACA,POIS USA DE CRITÉRIOS FANTASIOSOS O MUNDO NÃO GIRA PARA TRÁS O QUE PASSOU NÃO VOLTA MAIS,NÃO É DANDO TERRAS PRODUTIVAS EM LARGAS ESCALAS QUE O INDIO VAI SOBREVIVER,POIS A CULTURA DELE É OUTRA, E PARA ELE VIVER BEM PODERIAMOS CONSTRUIR UM CONDOMINIO DE LUXO, POIS ALIMENTAÇÃO ELE JÁ GANHA.GRAÇAS QUE PESSOAS COMO O SR. AINDA SÃO POUCAS POIS SENÃO TERIA MAIS GENTE PASSANDO FOME.E NÃO SE ESQUEÇA QUE UM EX. AGRICULTOR FAVELADO EM UMA CIDADE É UM SÉRIO CANDIDATO A SER OU TER UM MEMBRO NO CRIME,ENTÃO BOTE AS BARBAS DE MOLHO POIS O FEITIÇO PODE VIRAR CONTRA O FEITICEIRO.

    0
  • Raijan Cezar Mascarello Sapezal - MT

    O Governo, junto com a FUNAI, estão vendendo o Brasil para as ONGS.

    Para que índio quer terra, se não sabe nem plantar alimentos para seu próprio consumo!!

    0
  • JOAO AUGUSTO PHILIPPSEN Santo Augusto - RS

    Amigo, se estveres portando uma Arma, seras preso só liberado sob fiança e ainda responderas processo, ja INDIO ... pode né!

    0