Na Folha: Mortes de agricultores elevam tensão por disputa de terra em Mato Grosso

Publicado em 19/08/2014 16:28 e atualizado em 19/08/2014 17:22 688 exibições

Pouco mais de uma semana após denunciar extração ilegal de madeira, desvio de verba e emissão irregular de títulos de terra, o agricultor Josias Paulino de Castro, 54, e sua esposa, Ereni da Silva Castro, 35, foram mortos em Mato Grosso. As vítimas foram encontradas numa estrada em Guariba, zona rural de Colniza (a 1.065 km de Cuiabá).

Josias era presidente da Associação dos Produtores Rurais Nova União (Aspronu) do assentamento Projeto Filinto Müller.

Leia a íntegra na Folha

Fonte:
Folha de S. Paulo

0 comentário