Indígenas voltam a protestar no DF por manutenção de decretos

Publicado em 20/05/2016 15:44
131 exibições

Indígenas da etnia guarani-kaiowá protestaram em frente ao Palácio do Planalto nesta sexta-feira (20) contra uma eventual suspensão, por parte do presidente em exercício, Michel Temer, de decretos relacionados à reforma agrária assinados pela presidente afastada Dilma Rousseff em 1º de abril. Havia 50 pessoas no ato por volta de 11h40. O grupo é do Mato Grosso do Sul.

Os 21 decretos assinados por Dilma desapropriaram 56 mil hectares de terra pelo país. Reportagem do jornal "O Globo" aponta que o presidente em exercício, Michel Temer, orientou que a Casa Civil realizasse um pente-fino em todos as ações aprovadas pela presidente afastada daquele mês. O governo não reconhece formalmente que pretende rever os decretos.

Os indígenas carregavam faixas com os dizeres "STF: pelo reconhecimento do nosso direito de acesso à Justiça", "Temer: basta de golpes e retrocessos contra nossos direitos. Demarcação já!" e "STF: contra o marco temporal. Pelo direito às nossas terras!". A Polícia Militar impediu que os indígenas ficassem em frente ao palácio. Eles ocuparam o canteiro atrás do Congresso Nacional. Não houve conflito.

Confira a notícia na íntegra no site do G1 DF

Fonte: G1 DF

Nenhum comentário