Recente queda da soja na CBOT pode estimular volta dos fundos às compras

Publicado em 05/06/2012 16:15 707 exibições
A recente queda registrada pelos preços da soja no último mês oferece, de acordo com a Oil World, uma oportunidade de compra aos consumidores, haja visto que a projeção para a  demanda pelos grãos norte-americanos é bastante grande no intervalo entre setembro e fevereiro.

Em maio, os futuros da soja recuaram 11% na Bolsa de Chicago, a maior queda mensal desde setembro último, quando o mercado sentiu a pressão das boas expectativas para uma safra maior nos EUA. "O recuo dos preços maio agora representa uma oportunidade de compra para os consumidores", disse a Oil World. 

A consultoria alemã estima que as exportações de soja no primeiro na primeira metade da safra 2012/13 aumentem para 33,5 milhões de toneladas ante as 24,2 milhões exportadas no mesmo período do ano passado. 

Esse aumento da procura pela soja dos EUA se deu depois que uma forte seca causada pelo fenômeno climático La Niña provocou uma forte quebra nas safras do Brasil e da Argentina, principais fornecedores mundiais depois dos Estados Unidos. 

As baixas das cotações vistas no último mês foram resultado de uma realização de lucros por parte dos investidores. Os traders vinham operando com bastante cautela, buscando corrigir os preços diante de uma fragilidade da situação econômica mundial e de informações que davam conta do bom desenvolvimento da safra 2012/13 nos EUA. 

"Uma nova rodada de compras por parte dos fundos pode permitir uma recuperação dos preços no início de junho. Isso seria fundameltamente justificado pelos níveis de estoques de soja criticamente baixos nos Estados Unidos até o final de agosto", explicou a consultoria. 

Redução dos estoques - A estimativa da Oil World é de que os estoques norte-americanos, ao final de agosto, sejam de 4,6 milhões de toneladas em relação às 5,85 milhões do mesmo período da safra anterior. 

Para a temporada 2012/13, a estimativa do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) é de que a produção de soja dos EUA totalize 88,7 milhões de toneladas ante as 83,2 milhões produzidas na safra 11/12. 

Com informações da Bloomberg. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário