Soja avança e ocupa espaço de produções tradicionais

Publicado em 25/01/2013 08:57
377 exibições
Onde antes brotava arroz, feijão, fumo ou hortaliças, agora reina a soja. Com preços altos embalados pela disputa entre o mercado externo, as indústrias que transformam o grão em óleo de cozinha e as usinas de biodiesel, a oleaginosa toma conta das lavouras do Sul do Estado. Na região de Bagé o aumento na área cultivada foi de 23,43% para esta safra. Em Pelotas e nos municípios que ficam ao redor, o índice é ainda superior: 26,93%. Habituado a plantar fumo e hortaliças, Márcio Heling, de 36 anos, é um retrato do novo momento. Há dois anos ele cultiva a soja no 3º distrito de Pelotas. Ano passado, foram 20 hectares. Enquanto o Norte e Noroeste do Estado (tradicionais regiões produtoras) ultrapassavam uma das maiores secas da história e colhiam sete sacas do grão por hectare, o pelotense abarrotava 45 sacos em cada hectare colhido, mesmo com um pouco de estiagem.

Veja a notícia na íntegra no site do Cenário MT
Tags:
Fonte: Cenário MT

Nenhum comentário