Paraguai: com rendimentos previstos em 17 sc/ha, soja safrinha está "horrível", diz produtor

Publicado em 05/05/2017 14:08 2120 exibições

Devido às condições climáticas adversas das últimas semanas no Paraguai, a soja safrinha terá um péssimo rendimento, chegando apenas a 1000kg (17 sacas) por hectare, o que representa 1/3 do rendimento médio da safra principal.

"A safrinha está horrível. Há um risco de que haja um rendimento de apenas 1000kg por hectare", disse Armín Lorenz, produtor e dirigente de uma associação. Ele lamentou que as chuvas excessivas dos últimos dias agravaram ainda mais a situação. "O pior problema é que fazia muito frio à noite e havia muitos dias nublados. E, agora, com o excesso de chuva, há um maior atraso", explicou. Cultivos plantados em fevereiro apresentam, três meses depois, um desenvolvimento bastante tímido.

O produtor Milton Márcio Wander, de Santa Rita, disse, em entrevista ao Notícias Agrícolas, que "fazendo as contas, não é vantajoso fazer a safrinha de soja porque o frio prejudica a produtividade e os custos permanecem cada vez mais altos". No relato do produtor, ele conta que as enxurradas trouxeram consequências na qualidade do solo, arrastando a camada fértil.

Lorenz recordou ainda que não só a soja safrinha enfrentará problemas: o milho e o trigo também.

A safra principal de soja, por sua vez, teve um bom resultado, ultrapassando as 10 milhões de toneladas colhidas. Considerando a superfície plantada nesta safra, de mais de 3,2 milhões de hectares, a safrinha não alcança nem 40%, estimou o produtor.

Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas e ElAgro

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário