Argentina: cultivos do extremo sul de Córdoba já começam a sofrer com falta de chuvas

Publicado em 20/02/2019 09:39
191 exibições

Ainda não é um sinal de alerta, mas, sim, um aspecto para começar a prestar atenção: depois de um mês de janeiro que superou amplamente as médias históricas, o mês de fevereiro trouxe chuvas escassas para a província de Córdoba, na Argentina. Assim, em algumas zonas, já há cultivos em situação de estresse hídrico.

Assim reportou a Bolsa de Cereais de Córdoba (BCCBA) para a zona de La Cautiva, no departamento de Río Cuarto, ao extremo sul da província.

Twitter Bolsa de Cereais de Córdoba

Este panorama coincide com as análises de reserva de água no solo elaboradas pelo Escritório de Risco Agropecuário (ORA) da Argentina.

Para um plantio de soja de primeira etapa, se adverte que em toda a província o cenário passou de reservas "adequadas" a "regulares", embora em algumas zonas de Río Cuarto elas já sejam "escassas" e em Roque Saénz Peña já haja áreas consideradas em "seca".

A previsão semanal do Serviço Meterológico Nacional (SMN) não é alentadora: se prevê que o calor seja protagonista da semana, com máximas que poderiam alcançar até os 40°C.

As chuvas, contudo, podem chegar na quinta-feira (21) e permanecerem até o final da semana.

Tradução: Izadora Pimenta

 

Fonte: Agrovoz

Nenhum comentário