USDA: Vendas semanais de soja 2020/21 dos EUA superam 1,8 mi de t; Chicago sobe mais de 2%

Publicado em 27/08/2020 10:30 e atualizado em 27/08/2020 11:34 1934 exibições

LOGO nalogo

As vendas semanais de soja dos Estados Unidos reportadas nesta quinta-feira (27) pelo USDA (Departamento de Agricultura dos EUA) mais uma vez surpreenderam para a safra 2020/21 e somaram 1,874,4 milhão de toneladas. O número ficou dentro das expectativas do mercado, que já eram altas e variavam entre 1,2 milhão e 2,2  milhões de toneladas. Destinos não revelados e a China ficaram com o maior volume. 

A informação deu ainda mais espaço para as altas da soja na Bolsa de Chicago e os ganhos, por volta de 11h20 (horário de Brasília), passavam de 2% nos principais contratos. Os futuros da commodity subiam entre 11 e 16,50 pontos nas posições mais negociadas, com o novembro já sendo cotado a US$ 9,40 e o março/21 US$ 9,45 por bushel.

De milho, as vendas da safra nova foram de 1,180,5 milhão de toneladas, em linha também com as projeções do mercado de 700 mil a 1,3 milhão de toneladas. No caso do cereal, a nação asiática foi o principal destino, respondendo por mais de 600 mil toneladas. 

"Até o dia 20 de agosto, os EUA já venderam impressionantes 35,8 milhões de toneladas entre soja e milho do ano comercial 2020/21. Este é, de longe, um recorde dos últimos tempos", afirma a especialista internacional em commodities, Karen Braun. 

Exportações 2020/21 soja e milho EUA

Vendas acumuladas de soja e milho dos EUA -  A linha preta representa as vendas 2020/21 feitas no ano comercial 2019/20 - Fontes: Karen Braun e Refinitiv Eikon

As vendas semanais de trigo dos EUA, da safra nova, foram de 764,1 mil toneladas e o maior comprador foi o México. O volume superou o intervalo esperado pelo mercado de 400 mil a 700 mil toneladas. 

SAFRA 2019/20

Da safra 2019/20, as vendas semanais norte-americanas de soja foram de 50,4 mil toneladas, contra expectativas de 0 a 200 mil toneladas. A Holanda foi a maior compradora. O país já comprometeu 47,548,5 milhões de toneladas, contra o estimado pelo USDA para o ano comercial em 44,91 milhões de toneladas. 

Os EUA venderam também 270,4 mil toneladas de milho da safra velha, enquanto o mercado esperava entre 0 e 200 mil toneladas. O Japão é o principal destino do grão. O país já comprometeu 44,491,7 milhões de toneladas, enquanto o USDA estima 45,6 milhões em todo ano comercial. 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário