HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

Dia de Campo em Guaporé/RS apresenta tecnologia e manejo para soja

Publicado em 27/01/2022 13:09 82 exibições

Emater/RS-Ascar e Embrapa promoveram na quarta-feira (26/01), em Guaporé, um Dia de Campo sobre Tecnologia e Manejo para Altas Produtividades na Cultura de Soja, na propriedade de Mateus Toldi, que cultiva 7,5ha do grão. O dia de campo apresentou manejos e tecnologias para a obtenção de altas produtividades no campo, estabilidade de produção e redução de custos.

O extensionista Tiago Oliveira Figueredo, da Emater/RS-Ascar de Guaporé, fez a apresentação da propriedade e dos resultados do manejo de conservação de solo, como a extinção da erosão superficial, o controle de plantas daninhas, a redução da compactação do solo e a adubação e calagem da área, práticas que amenizaram um pouco os efeitos da estiagem na cultura. O extensionista rural da Emater/RS-Ascar, João Villa, explicou sobre as técnicas e parâmetros de monitoramento de pragas e seus níveis de controle. Na propriedade de Toldi, que está iniciando no manejo integrado de pragas, nesta safra, em função do clima muito seco, que reduziu quase que totalmente o aparecimento de lagartas, o monitoramento, nesta área que está em fase de enchimento de grãos, agora é focado no percevejo.

O manejo integrado de doenças foi tratado pela representante da Mais Crop, Amanda Chechi, que abordou principalmente as fases e períodos de pulverizações e controle das diversas doenças da soja e os manejos mais adequados para reduzir a presença de doenças nas lavouras. Também mostrou a eficiência de produtos para tratamento de cada doença.

Os insumos biológicos disponíveis no mercado e os benefícios do uso desses produtos para controle de pragas e doenças na soja foram apresentados pelo representante da Koopert, Rafael Henz.

Já os pesquisadores da Embrapa, José Eloir Denardin e Marcelo André Klein, falaram sobre a construção de perfil de solo, mostrando a composição química do perfil do solo e a importância do manejo químico, físico e biológico para melhorar o sistema radicular e buscar altas produtividades. Segundo Denardin, a introdução de gramíneas de verão é obrigatória para o sistema plantio direto.

E o representante da Drones Mulinari, Matheus Mulinari, demonstrou a eficácia e vantagens da pulverização aérea com drones, comparando pulverização com drone com o uso de 12l/ha de calda e pulverizador tracionado a trator, com volume de 150l/ha, ambos com boa cobertura de pulverização.
O evento teve o apoio de Faculdade Cesurg Marau, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Prefeitura, Agro Laboratório, Mulinari, Koppert e Mais Crop.

Tags:
Fonte:
Emater/RS-Ascar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário