Exportação de soja do Brasil deve cair 43% em maio, prevê Anec

Publicado em 03/05/2022 16:58

Logotipo Reuters

SÃO PAULO (Reuters) – A exportação de soja do Brasil deve alcançar cerca de 8 milhões de toneladas em maio, o que seria uma queda de 43% na comparação com o mesmo mês do ano passado, projetou a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) nesta terça-feira.

No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, os embarques devem cair 14,5%, para aproximadamente 43 milhões de toneladas, conforme os números da Anec, cuja previsão de maio considera a programação de navios.

Os embarques do Brasil, maior produtor e exportador de soja, começaram o ano mais fortes frente ao ano passado, mas a partir de março passaram a apresentar queda, à medida que ficaram mais claras as perdas decorrentes da seca ao Sul do Brasil.

Em abril, os embarques recuaram mais de 4 milhões de toneladas na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando somaram um recorde de 15,67 milhões de toneladas.

A Anec estimou a exportação de milho do país em maio em 737,5 mil toneladas, enquanto no mesmo mês do ano passado não foram registrados embarques.

A exportação de farelo de soja do Brasil deve alcançar 1,68 milhão de toneladas em maio, praticamente estável ante igual mês de 2021.

(Por Roberto Samora)

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Renato Santi Locatelli Alvorada do Sul - PR

    Com certeza vai cair pois a produtividade foi menor e o produtor está segurando a pouca soja que tem para vender em melhor momento. Pois a mesma tem chances de chegar a teto maiores que os atuais.

    0