Para ajudar a conter inflação, China pode importar mais soja e milho

Publicado em 18/11/2010 15:18 721 exibições
O banco Macquarie divulgou um relatório nesta quinta-feira afirmando que mesmo que a China coloque em prática suas medidas de ajuste econômico anunciadas, a demanda do país por soja e milho continuará crescendo já que a importação de matérias primas será necessária para conter a inflação dos alimentos.

"Uma das formas mais eficazes de conter a inflação dos alimentos é importando mais e não menos", disse Alex Bos, analista do banco Macquarie, em Londres. "Nós não esperamos um recuo na demanda chinesa por grãos e oleaginosas", disse.

Com informações da Bloomberg

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário