Grãos fecham com forte alta com estimativa de redução de área nos EUA

Publicado em 18/03/2011 16:57 1213 exibições
Os futuros dos grãos voltaram a encerrar o dia com forte alta na Bolsa de Chicago nesta sexta-feira.  O suporte para o mercado veio da volta dos consumidores às compras, dos problemas com as chuvas no Brasil, e também dos dados divulgados pela Informa Economics sobre o plantio nos EUA para a safra 11/12.

O recuo do mercado visto nos últimos dias deixou os preços atrativos e os consumidores voltaram às compras, confirmando o fundamento da demanda, que se mostra continua se mostrando crescente e constante.

Além disso, a consultoria Informa Economics divulgou hoje suas projeções para o plantio da safra 2011/12, cortando a área tanto da soja quanto do milho e ficando também abaixo das expectativas do mercado.

A Informa estima 37,13 milhões de hectares para o milho (91,758 acres) e 30,46 milhões de hectares para a soja (75,269 milhões de acres).

"O número da Informa foi um grande impulso para os futuros da soja, transformando-a em líder do complexo de grãos, e não mais no elo mais fraco", declarou Mike Zuzolo, analista da Global Commodity Analytics.

Seguindo o bom momento do oleaginosa, o milho operou próximo ao limite de alta - que foi expandido para 45 pontos - durante todo o pregão e fechou o dia com alta de mais de 30 pontos.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário