Ainda sob efeito do relatório do USDA, soja fecha em queda na CBOT

Publicado em 13/09/2011 09:58 726 exibições
Os futuros do complexo de grãos encerraram o pregão noturno desta terça-feira em Chicago no vermelho ainda sob efeito do relatório de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos EUA).

A soja fechou a sessão com queda de 8 pontos nos seus principais contratos que voltaram ao patamar dos US$13 por bushel após o Departamento americano aumentar a estimativa de produção da oleaginosa no país de 83,17 de milhões para 83,96 milhões de toneladas. De acordo com analistas, o relatório levou o mercado a realizar os lucros obtidos nas últimas semanas. Ontem a soja caiu 30 pontos nos principais vencimentos.

O milho, que teve sua estimativa de produção reduzida, também fechou em baixa na CBOT, com variação negativa de 5 pontos. Na esteira dos demais grãos, o trigo também encerrou com queda de 7 pontos nos principais contratos.

Segundo analistas, o relatório do USDA ainda não mexeu com todo o mercado, pois o forte recuo no índice de lavouras boas/excelentes de Illiniois por enquanto não foi precificado.

*Confira aqui o resumo do relatório do USDA feito pela Cerealpar

Clima nos EUA

As temperaturas devem cair drasticamente nos próximos dias no Meio-Oeste dos EUA. De acordo com o Agriculture.com, os termômetros podem encostar nos 0Cº em alguns pontos específicos, atuando com maior intensidade no leste das duas Dakotas, norte de Iowa, oeste de Wisconsin e em grande parte de Minnesota.

Chamada para Abertura na Bolsa de Chicago

Soja: baixas de 6 a 8 pontos

Milho: baixas de 3 a 5 pontos

Trigo: baixas de 4 a 6 pontos
   

Tags:
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário