Açúcar: Mercado adia efeito de safra menor

Publicado em 08/07/2014 10:07 471 exibições

O clima quente e seco que predominou no fim de 2013 e início deste ano ainda gera impacto nas lavouras brasileiras. Depois dos grãos, é a vez dos canaviais consolidarem desempenho abaixo do esperado. Na Região Centro-Sul do país – que concentra mais de 90% da produção nacional – o setor calcula uma retração de 3% na oferta de cana-de-açúcar em comparação com o ciclo anterior, para 580 milhões de toneladas. A quebra ocorre em um momento de incerteza quanto aos preços.

Conforme a União da Indústria da Cana-De-Açúcar (Unica), o fator climático deve reduzir a produtividade dos canaviais em 8% na comparação com 2013/14, quando o rendimento foi de 79,8 toneladas de cana por hectare. Embora haja redução na oferta, não há reflexo imediato sobre os preços, principalmente na cadeia do açúcar. “Os estoques mundiais estão elevados há três anos. Caso a quebra seja confirmada haverá um ajuste, mas isso não vai acontecer no curto prazo”, aponta o analista da consultoria FCStone, Thiago Gil. As exportações brasileiras do alimento caíram 14% em volume e 28,6% em valor nos cinco primeiros meses do ano, indicam dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Fonte:
Gazeta do Povo

0 comentário