Etanol: preços sobrem devido ao reaquecimento na demanda

Publicado em 12/05/2020 10:13 162 exibições

O reaquecimento da demanda no início de maio elevou os preços dos etanóis hidratado e anidro no estado de São Paulo, de acordo com pesquisas do Cepea. No caso do hidratado, trata-se do segundo aumento consecutivo nos valores. Levantamento do Cepea indicou, inclusive, crescimento de 13,5% no volume de etanol hidratado negociado na semana passada frente à anterior. Entre 4 e 8 de maio, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado fechou a R$ 1,3825/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), alta de 4,18% em relação ao do período anterior. No caso do etanol anidro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 1,5339/litro (sem PIS/Cofins), aumento de 0,72% no mesmo comparativo. Distribuidoras intensificaram as compras, no intuito de repor os estoques vendidos, tendo em vista o aumento da mobilidade das pessoas nas últimas semanas – a taxa de isolamento social no estado de São Paulo caiu, chegando a 47,2%, segundo números divulgados no dia 10 de maio no site de monitoramento do governo estadual. Do lado das usinas, muitas consultadas pelo Cepea estiveram ativas no mercado e firmes nos preços de vendas. O destaque foi também o número de negócios de etanol anidro na semana passada, que chegou quase a triplicar frente ao período anterior, conforme levantamento do Cepea. Boa parte dos volumes foi direcionada a outros estados, com destaque para o Nordeste do Brasil.

Fonte:
Cepea

0 comentário