Produção de açúcar do CS sobe 23% na 2ª metade de junho; exportação dispara

Publicado em 09/07/2020 14:43 114 exibições

LOGO REUTERS

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de açúcar do centro-sul do Brasil na segunda quinzena de junho somou 2,7 milhões de toneladas, salto de 23,3% na comparação anual, enquanto exportações de etanol surpreenderam com disparada de 44% ano a ano, segundo boletim da União da Indústria da Cana-de-Açúcar nesta quinta-feira.

A maior produção veio mesmo com uma menor moagem de cana, uma vez que as usinas direcionaram mais matéria-prima para fabricação do adoçante.

A moagem de cana no período foi de 42,9 milhões de toneladas, montante 7,7% abaixo do registrado em mesmo momento da safra 2019/20.

Mas as usinas do centro-sul utilizaram 47,4% da cana para produzir açúcar, contra 37% na temporada anterior, segundo a associação.

A produção total de etanol na quinzena foi de 1,95 bilhão de litros, ou 17% inferior à registrada no mesmo período da safra 2019/20.

As exportações de etanol em junho atingiram 267 milhões de litros, contra 185 milhões no mesmo mês na safra 2019/20.

A exportação de açúcar também avançou, segundo a Unica.

"As vendas de açúcar pelas usinas do Centro-Sul mantiveram o ritmo observado das últimas quinzenas e seguiram aquecidas no mês de junho. A quantidade exportada pelas unidades do Centro-Sul somou 2,59 milhões de toneladas, com alta de 70,13%", afirmou a associação em nota.

A Unica contabilizou 258 empresas com usinas em operação até 1° de julho, contra 255 no mesmo período do último ano. Na segunda quinzena de junho, 7 unidades iniciaram a safra 2021, e a expectativa e de que mais 7 comecem a operar nos primeiros quinze dias de julho, segundo a entidade.

Fonte:
Reuters

0 comentário