Safra 20/21 de açúcar na Índia será menor com maior destinação para o etanol

Publicado em 08/04/2021 17:44 156 exibições
Czarnikow estima produção do adoçante entre 30 e 30,5 milhões de t, cerca de 1 milhão de t a menos do que a previsão inicial

LOGO nalogo

​A safra 2020/21 (outubro-setembro) de açúcar na Índia deverá ser menor do que o esperado inicialmente diante de uma maior destinação para a produção de etanol no país, segundo a trading inglesa Czarnikow. As usinas do país devem ter uma safra do adoçante entre 30 e 30,5 milhões de t, sobre 31,5 milhões de t da estimativa inicial.

"As usinas desviaram mais sacarose para a produção de etanol do que esperávamos", disse a trading em relatório. A maior destinação da produção de cana-de-açúcar no país para o etanol do que o açúcar acompanha uma elevação da mistura do biocombustível na gasolina, que passou para um recorde de 7,2% no período de dezembro a março.

Além disso, o país planeja elevar esse percentual gradativamente nos próximos anos.

A trading inglesa estima que 1,2 milhão de t de açúcar serão desviadas para o etanol nesta temporada, contra 800 mil t na temporada anterior. "A maioria das destilarias usará melaço C e B como matéria-prima em comparação com o caldo de cana devido aos melhores retornos", destacou o a Czarnikow em relatório divulgado nesta quinta-feira (08).

"Isso significa que o desvio de açúcar pode não ser tão grande quanto as expectativas da indústria de 2 milhões de toneladas nesta temporada.", pontuou a consultoria.

Produção de açúcar na Índia nas últimas duas safras e estimativa para 2020/21 - Fonte: Czarnikow
Produção de açúcar na Índia nas últimas duas safras e estimativa para 2020/21 - Fonte: Czarnikow

Dentre os estados produtores da Índia, Uttar Pradesh produziu até o momento 9,4 milhões de t de açúcar, uma queda anual de 350 mil t. Maharashtra registra 10,05 milhões de t até agora, com alta anual de 4,2 milhões de t. Karnataka produziu 4,1 milhões de t de açúcar até o momento nesta temporada, um aumento de 800 mil t sobre 2020.

A Czarnikow também pontuou em relatório que a Covid-19 impactou o consumo de açúcar, o que também gerou menores vendas do adoçante indiano.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário