Açúcar: 2ª quinzena de abril deve ter nova queda na produção no CS, aponta S&P Global Platts

Publicado em 11/05/2021 10:42 141 exibições
Volume previsto de 1,48 milhão de t, com queda de 27% no comparativo anual, e o menor nível desde a safra 2017/18

LOGO nalogo

​A produção de açúcar no Centro-Sul na 2ª quinzena do mês de abril, que marca o início da safra 2021/22 no país, deve totalizar 1,48 milhão de toneladas, segundo levantamento exclusivo da S&P Global Platts finalizado em 10 de maio. O volume representa uma queda anual de 27% e pode ser o menor desde a safra 2017/18.

"O forte clima seco que atinge a região Centro-Sul desde 2020 tem dificultado o início da safra 2021/22, que começou oficialmente em 1º de abril. Muitos produtores de açúcar e etanol preferiram atrasar o início da colheita da cana visando aumentar a produtividade", destaca a fornecedora de informações sobre energia e commodities.

A moagem de cana na segunda metade de abril é estimada pela pesquisa S&P em 30,46 milhões de t, o que representa uma queda de 20% em relação ao mesmo período do ciclo anterior. "Se o número for confirmado, o volume será o menor desde a safra 2017/18, quando 24,26 milhões de toneladas foram moídas no mesmo período", afirma a S&P.

Com isso, a moagem acumulada na nova temporada deve chegar a 46 milhões de t.

O ATR (Açúcares Totais Recuperáveis) parcial por tonelada de cana-de-açúcar deve ser de 117,71 quilos, uma redução de sobre os 122 kg/t da segunda metada de abril de 2020. A proporção de cana para a produção de açúcar também deve ter uma queda, saindo de 45,76% na segunda quinzena de abril para 43,4% agora.

Apesar de uma queda no mix, os produtores devem seguir mais focados no açúcar porque o prêmio ainda está mais favorável, apesar de disparada do petróleo nos últimos dias.

"A avaliação média do etanol hidratado da Platts equiparado ao açúcar bruto equivalente nos últimos 15 dias de abril foi de 14,69 c/lb, enquanto a cotação média do mercado futuro de açúcar ICE NY11 foi de 17,02 c/lb, apontando para um prêmio de exportação médio de 2,33 c/lb, ou US$ 51,37/t, para o etanol hidratado doméstico", destaca a S&P.

A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) deve divulgar os dados de moagem da 2ª quinzena de abril nos próximos dias.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário