Açúcar bruto salta mais de 1% nesta tarde de 4ª feira na Bolsa de Nova York

Publicado em 08/12/2021 12:24 50 exibições
Adoçante atento para desvalorização expressiva do dólar e expectativas com demanda

Logotipo Notícias Agrícolas

Os contratos futuros do açúcar operavam com altas de mais de 1% nesta tarde de quarta-feira (08) na Bolsa de Nova York, apesar de ganhos mais contidos em Londres. O dia é marcado por desvalorização do dólar, além de expectativas com a demanda.

Por volta das 12h14 (horário de Brasília), o açúcar bruto tinha valorização de 1,03%, negociado a US$ 19,68 c/lb na Bolsa de Nova York. Enquanto que em Londres, o tipo branco registrava avanço de 0,83%, a US$ 509,80 a tonelada.

Depois de queda do adoçante em parte da manhã, o mercado do açúcar em Nova York voltou a subir nesta tarde de quarta acompanhando a desvalorização do dólar sobre o real, o que tende a desencorajar as exportações, mas dá suporte aos preços.

Além disso, apesar da queda do petróleo nesta tarde, seguem as expectativas do mercado com a recuperação da demanda.

"Revendedores disseram que o mercado continua a se inspirar no petróleo e nas ações. Eles acrescentaram que não há ameaça de produção no momento, então o açúcar terá dificuldade para ultrapassar os 19,50-20 centavos", reportou a agência de notícias Reuters.

"As ações mundiais tiveram seu maior salto em dois dias desde novembro do ano passado à medida em que os investidores ficaram menos preocupados com a variante do coronavírus ômicron", complementou a agência.

Ainda há atenção dos operadores no dia para as informações das origens. A Índia está com sua safra abundante em andamento. Já o Brasil, enfrenta produção menor em meio impacto do clima, mas ainda há dúvidas sobre a nova temporada.

» Clique e veja as cotações completas de sucroenergético

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário