Açúcar salta mais de 2% e volta aos US$ 19 c/lb na Bolsa de NY

Publicado em 22/12/2021 16:09 e atualizado em 23/12/2021 08:50 66 exibições
Suporte do financeiro e mercado de olho nos temores de déficit na produção global na temporada

Logotipo Notícias Agrícolas

Os futuros do açúcar fecharam a sessão desta quarta-feira (22) com altas expressivas nas bolsas de Nova York e Londres. O mercado estende ganhos com foco no financeiro, principalmente o petróleo e câmbio, além de temores com déficit na safra.

O principal vencimento do açúcar bruto na Bolsa de Nova York subiu 2,77%, cotado a US$ 19,26 c/lb, com máxima de 19,38 c/lb e mínima de 18,74 c/lb. Em Londres, o tipo branco teve valorização de 2,19% no dia, negociado a US$ 502,90 a tonelada.

Assim como na sessão anterior, o mercado do açúcar teve suporte de ajuste de posições nos terminais externos. Além disso, o adoçante acompanhou as altas expressivas do petróleo com melhores perspectivas da demanda, somado com o dólar que se desvalorizava.

Uma moeda estrangeira mais baixa tende a desencorajar as exportações das commodities, mas em compensação os preços das commodities sobem. O petróleo, por sua vez, é um importante indicador das usinas para o planejamento de uma safra.

Nos fundamentos, segue atenção para as produções do Brasil e origens asiáticas em meio temores de déficit.

"Revendedores disseram que o mercado provavelmente está subvalorizado devido ao déficit esperado nesta temporada, mas acrescentaram que a história da Ômicron está longe de terminar e pode prejudicar ainda mais o crescimento global e, portanto, a demanda por açúcar", destacou a Reuters.

A Czarnikow adotou um tom mais otimista, observando que os especuladores têm vendido para o consumidor final e agora têm espaço para aumentar sua posição comprada.

MERCADO INTERNO

Os preços do açúcar continuam acima dos R$ 150 nas praças do Brasil, apesar de baixas pontuais nos últimos dias. No último dia de negociação, o Indicador CEPEA/ESALQ do açúcar, cor Icumsa de 130 a 180, mercado paulista, saltou 1,27%, negociado a R$ 154,97 a saca de 50 kg.

Já nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, o açúcar ficou cotado a R$ 150,63 a saca - estável, segundo dados levantados pela consultoria Datagro. O açúcar VHP, em Santos (SP), tinha no último dia de apuração o preço FOB a US$ 19,32 c/lb com alta de 0,82%.

» Clique e veja as cotações completas de sucroenergético

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário