Açúcar recua em NY nesta 4ª sem impacto de geadas nos canaviais do Centro-Sul

Publicado em 18/05/2022 14:44
Desvalorização de mais de 2% do petróleo, além de valorização do dólar sobre real contribuíram

Logotipo Notícias Agrícolas

Os contratos futuros do açúcar encerraram a sessão desta quarta-feira (18) com queda nas bolsa de Nova York e Londres. O mercado do adoçante foi influenciado pelo impacto limitado do frio sobre canaviais do Centro-Sul, além do financeiro.

O principal vencimento do açúcar bruto na Bolsa de Nova York caiu 0,85%, cotado a 19,83 cents/lb, com máxima de 20,13 cents/lb e mínima de 19,74 cents/lb. Em Londres, o primeiro contrato perdeu 0,14%, negociado a US$ 554 a tonelada.

Depois de voltar aos 20 cents/lb em Nova York na véspera, o mercado sentiu pressão por realização de lucros durante a maior parte da sessão desta quarta-feira. Além disso, repercute o fato de não ter havido geadas representativas sobre áreas de cana do Centro-Sul.

Áreas muito pontuais da cultura registraram geadas nesta madrugada, mas sem danos representativos, segundo fontes do setor ouvidas pelo Notícias Agrícolas durante o dia.

Além disso, houve atenção com o financeiro, em meio perdas expressivas do petróleo, de quase 3%, depois que dados do governo mostraram que as refinarias norte-americanas aumentaram a produção. Além de seguirem temores com a demanda.

As usinas olham muito para as oscilações do óleo para a definição do mix na safra. Segundo informações recentes da agência Reuters, tem havido maior disponibilização de cana para a produção de etanol neste momento, que está compensando mais.

A valorização do dólar sobre o real também contribuiu para as perdas. A moeda estrangeira mais valorizada tende a encorajar as exportações das commodities, mas em compensação pesa sobre os preços externos.

MERCADO INTERNO

Mesmo com oferta lenta da nova safra, os valores do açúcar  no mercado spot têm sido pressionados. No último dia de negociação, o Indicador CEPEA/ESALQ do açúcar, cor Icumsa de 130 a 180, mercado paulista, caiu 0,37%, negociado a R$ 130,51 a saca de 50 kg.

Já nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, o açúcar ficou cotado a R$ 153,83 a saca - estável, segundo dados levantados pela consultoria Datagro. O açúcar VHP, em Santos (SP), tinha no último dia de apuração o preço FOB a US$ 21,15 c/lb e avanço de 1,60%.

» Clique e veja as cotações completas de sucroenergético

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário