USDA surpreende e eleva safra de soja dos EUA para 119 milhões de t

Publicado em 10/08/2017 13:20 e atualizado em 10/08/2017 14:46
10816 exibições

LOGO nalogo

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) surpreendeu o mercado e trouxe números bem maiores do que o esperado para a soja nos Estados Unidos, os quais ficaram, portanto, bem acima das expectativas. A produção norte-americana foi revisada para 119,23 milhões de toneladas, contra 115,9 milhões de julho. Os traders esperavam uma redução para 114,36 milhões. 

A produtividade subiu para 56,02 sacas por hectare, enquanto o mercado esperava algo entre 53,17 e 54,42 sacas. Os estoques finais da safra nova subiram para 12,93 milhões, contra 12,52 milhões do boletim passado e bem acima da média esperada de 10,91 milhões. 

Entre os números da demanda, um aumento das exportações foi registrado para as duas safras. Da nova, o número passou de 58,51 para 60,55 milhões de toneladas. Já as vendas da safra velha são estimadas agora em 58,51 milhões de toneladas. Já o esmagamento caiu para as duas temporadas ficando em, respectivamente, 51,44 e 52,8 milhões de toneladas. 

Soja Mundo

No cenário mundial, a produção 2017/18 subiu de 345,09 para 347,36 milhões de toneladas, com os estoques finais crescendo de 93,53 para 97,78 milhões de toneladas. Da safra 2016/17, a colheita caiu para 351,74 milhões de toneladas, enquanto os estoques subiram para 96,98 milhões de toneladas. 

Na América do Sul, poucas mudanças. As safras do Brasil foram mantidas em 114 milhões - temporada 2016/17 - e 107 milhões de toneladas. As exportações nacionais foram projetadas em, respectivamente, 61 e 64 milhões de toneladas. O USDA estima ainda que sejam colhidas 57,8 milhões de toneladas de soja na safra velha da Argentina e 57 milhões na nova. 

Sobre as importações da China, foram mantidas as estimativas de 91 milhões para a safra velha e 94 milhões de toneladas da nova. 

E os futuros da oleaginosa já estão despencando na Bolsa de Chicago nesta quinta-feira (10). Os números todos ficaram acima das expectativas do mercado. Perto de 14h (horário de Brasília), as baixas entre as posições mais negociadas eram próximas dos 30 pontos. 

Soja Agosto

Milho EUA

Sobre o milho, o USDA corrigiu os números para baixo, mas ainda assim, as informações ficaram acima das expectativas do mercado, o que também pressionou severamente as cotações na CBOT. 

A produção norte-americana veio em 359,51 milhões de toneladas, contra 362,1 milhões do boletim anterior. As expectativas do mercado variavam de 345,21 milhões e 357,4 milhões de toneladas.  

A produtividade do cereal foi estimada em 179,6 sacas por hectare, ligeiramente menor do que as 180,67 sacas projetadas em julho. os traders, no entanto, esperavam uma média de 175,7 sacas por hectare. 

Os estoques finais norte-americanos do cereal foram estimados em 57,74 milhões de toneladas, também menores do que os de julho - de 59,06 milhões - mas acima do esperado, já que a média era de 49,94 milhões de toneladas. Da safra velha, os estoques foram mantidos em 60,2 milhões de toneladas, em linha com as expectativas. 

Nas exportações, manutenção na safra velha de 56,52 milhões de toneladas e redução na nova, para 46,99 milhões de toneladas. 

Milho Mundo

O USDA trouxe ainda um aumento na safra velha global de milho para 1.070,51 bilhão de toneladas e estoques finais maiores, estimados em  228,61 milhões de toneladas. As projeções do mercado variavam de 226 a 228,5 milhões de toneladas. 

Já para a nova temporada foi observada uma redução para 1.033,47 bilhão de toneladas, com os estoques finais estimados em 200,87 milhões de toneladas, enquanto se esperava uma redução para 194,7 milhões de toneladas.  

USDA Milho - Agosto

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

11 comentários

  • Angelo Miquelão Filho Apucarana - PR

    Noticias manipuladas, que induzem o produtor ao erro! O resultado será um menor investimento na safra nova; fertilizantes a base de cama de frango, sementes salvadas e muitas outras tecnologias que serão deixadas de lado. O risco de colher um pouco a menos é real, mas as vezes um pouco é muito, principalmente se estes resultados afetarem a oferta! Não temos outra saída senão tirar o pé do acelerador, vamos para a terceira faixa, pelo menos estaremos a beira do estacionamento e não corremos o risco de capotar no caminho, menos mal...

    0
    • ANTONIO NASCIMENTOCAMPO MOURÃO - PR

      Bingo!!!!! Sr Ângelo tá lavanderia só. O bônus com eles e para nós sobra o ônus, só rrisos (para ironizar)

      0
  • Euclides de Oliveira Pinto Neto Duque de Caxias - RJ

    As "previsões" sempre atendem aos interesses dos mercados especulativos... o movimento do mercado de comodities é sempre especulativo, para lucros futuros... o total de produtos "negociados" neste mercado equivale a mais de cinco vezes o total da produção mundial... é só papel... e essas especulações provocam movimentos de alta ou baixa, conforme se aproxima o vencimento do "papel"... os verdadeiros produtores ficam sujeitos às bruscas variações de preços, que não refletem a realidade do mercado... tudo especulação... muito parecido com o mercado de ouro, que não reflete os verdadeiros preços praticados pelo mercado produtor...

    2
  • Márcio José Gasparelo Rio Verde - GO

    desde a semana passada to querendo arrumar essas sementes de soja americana pois quanto mais seca mais elas produzem não dá para saber em quem acreditar essas consultorias parecem estar percorrendo canteiros de alface sem querer ofender os horticultores pois sempre vem na contramão do USDA qual a intenção dessas consultorias e do usda deve ser quebrar o produtor rural..........

    0
  • João Maceió - AL

    Dúvidas quanto a credibilidade do USDA !!!!
    Manipulação grosseira, bolsa chicago e usda.
    Está na hora da criação da nossa bolsa de mercadorias aqui no brasil .
    Favor peço comentários sobre o assunto.

    0
  • BRUNO CAIRO VILELA Jataí - GO

    Como assim? Que plataforma de notícias é essa? Temos que confiar em que? Tudo aumenta ( frete, insumos, óleo, salários dos funcionários e etc ...) Temos que nos sacrificar pra poder produzir, e na hora de comercializar nosso produto temos que praticamente doar para as empresas, tá muito difícil continuar no ramo com os preços pagos pra nós produtores

    0
  • Odair José de Oliveira São Pedro do Iguaçu - PR

    119 milhões de tn de soja, 5 milhões a mais com chuvas irregulares, quem ta mentindo, a previsão ou o USDA ??

    0
  • JAC.SEMENTES Bom Jesus - SC

    Se nacer um pe de soja no ....... americanos aumenta em quanto a producao?
    podemos parar de plantar soja aqui no Brasil.
    kkkkkkl

    0
  • geraldo emanuel prizon Coromandel - MG

    Olha... é até bom que isso aconteça, daí quem sabe a credibilidade do USDA, que já é duvidosa, de uma vez por todas vai água abaixo. O duro vai ser aguentar nossos " analistas" comentar e concordar com os números apresentados. Se os números fossem 110 eles concordariam, como são quase 120, eles concordam também, no entanto, salientam, com sabedoria de costume que o mercado se tornou baixista.

    0
    • AUGUSTO MUMBACHGOIÂNIA - GO

      Analistas são ótimos pra explicar o que já aconteceu. Para profetizar o passado.

      1
  • SERGIO BOFF São João - PR

    Quero reserva da semente de soja dos EUA para plantar esse ano no plantio foi chuvas que afetaram a germinação e muitos tiveram que replantio agora em julho quase não choveu essa semente é boa, vamos lá produtores se não tivessem esses impecilhos a safra seria de 130 milhões, bora agricultores Brasileiros.

    2
  • Odair José de Oliveira São Pedro do Iguaçu - PR

    Precisamos buscar nos EUA essa variedade de soja q produz acima das estimativas mesmo com chuvas irregulares.... não é possível uma coisa dessa... tem alguém manipulando esse mercado......

    1
    • GERALDO EMANUEL PRIZONCOROMANDEL - MG

      Precisamos buscar também na Argentina a variedade da soja anfíbia, aquela que produz mesmo debaixo d'água...

      0
  • Carlos William Nascimento Campo Mourão - PR

    Vejam que coisa maluca. Alguém está mentindo. Ou a midia falsificou as fotos da seca ou o USDA bebeu gasolina. Então quer dizer que a seca não prejudicou em nada as safras de soja, milho e trigo? Desta maneira fica impossível sobreviver nesta atividade de produtor rural. Todos mentem sobre o tamanho das safras, seja no exterior ou aqui no Brasil. Como iremos pedir para nossos filhos tomarem nossos lugares? Nenhum pai odeia os filhos tanto assim. Que Deus nos ajude !

    1
    • EDMUNDO TAQUESVENTANIA - PR

      Concordo Carlos!! Alguém errou feio na analise!! Ja ouvi ate produção de 111 milhões de ton nos EUA, e o USDA vem com mais de 119 milhoes, alguem consegue explicar isso?!?!

      0
    • ROBERTO CADORECRUZ ALTA - RS

      Pois é Seu Carlos.. acho que eles querem mesmo é ferrar com seus concorrentes da América do Sul...já que os norte-americanos ainda não tem soja disponível para negociar... dá-lhe "botar areia no negócio dos outros"!

      0
    • ANDREIA VIOLINMARINGÁ - PR

      Muito triste!

      1
    • PAULO ROBERTO ESPIRESMARINGÁ - PR

      Safra ano passado sem seca 117 mi, este ano com seca 119 mi, ?

      1
    • ALDO HILARINO DA SILVACAPÃO BONITO - SP

      Concordo plenamente com nosso amigo Carlos , não se pode confiar em nenhuma informação mais, só nos resta produzir e contar com a sorte na hora de vender...

      2