USDA retoma divulgação dos boletins semanais de exportações e traz mais de 2 mi de t na soja

Publicado em 31/01/2019 15:10
2538 exibições

LOGO nalogo

Após mais de 30 dias de paralisação do governo norte-americano, os trabalhos começam a ser retomados nos Estados Unidos e o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe, nesta quinta-feira (31), seu primeiro boletim semanal de vendas para exportação de grãos do ano. Os números a seguir referem-se à semana que terminou no último dia 20 de dezembro. 

Neste período, os EUA venderam 2.391,4 milhões de toneladas de soja da safra 2018/19. O volume se mostrou 16% menor do que o registrado na semana anterior, mais 92% maior do que a média das quatro semanas anteriores. Para este intervalo, as expectativas do mercado eram de 1,8 a 2,8 milhões de toneladas. 

A maior compradora da oleaginosa americana foi a China, que adquiriu 1.466,0 milhão de toneladas na semana. O país vendeu também 13,9 mil toneladas da safra 2019/20 para o México. 

Na temporada comercial , até o último 20 de dezembro, as vendas americanas de soja totalizavam 29.929,7 milhões de toneladas, contra mais de 40,3 milhõe do mesmo período do ano anterior. O USDA estima as exportações 2018/19 dos EUA em 51,71 milhões de toneladas. 

De milho, os EUA venderam 1.699,4 milhões de toneladas, enquanto os traders espervam algo dentro de um intervalo de 1 e 1,5 milhão de toneladas. O total se mostrou 14% menor do que no ano anterior, mais 28% maior do que as quatro semanas anteriores. O principal destino do grão norte-americano foi o México na semana em questão. 

Os mexicanos compraram milho também da safra 2019/20 e o volume das compras foi de 53,3 mil toneladas. 

O país vendeu ainda 526,3 mil toneladas de trigo da temporada atual, contra projeções de 200 mil a 600 mil toneladas. O principal comprador do grão americano foi o Egito. 

Tags:
Por Carla Mendes
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário