USDA eleva em 1% índice de lavouras de soja em boas/excelentes condições nos EUA

Publicado em 03/08/2020 17:41 494 exibições

LOGO nalogo

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seu novo boletim semanal de acompanhamento de safras mantendo seu percentual de lavouras em boas condições para o milho e aumentando, como esperava o mercado, o número da soja na semana. 

SOJA

O índice de campos da oleaginosa em condições boas ou excelentes passou de 72% para 3% até o último domingo (2). São ainda 21% das lavouras em condições regulares, contra 22% da semana anterior, e manutenção dos 6% em condições ruins ou muito ruins. 

85% da soja norte-americana está em fase de floração, contra 76% da semana anterior, 68% de 2019 e 82% de média dos últimos cinco anos. 59% dos campos estão em formação de vagens, enquanto eram 43% na semana passada, 32% no ano anterior e 54% de média plurianual. 

MILHO

Sobre o milho, o USDA informa que os 72% de índice das lavouras em boas ou excelentes condições foi mantido, enquanto o mercado esperava o aumento de 1%. 21% dos campos seguem em condições regulares e 7% em condições ruins ou muito ruins, também números sem alteração em relação à semana anterior. 

O boletim aponta ainda 39% das lavouras de milho na fase de enchimento de grão, contra 22% da semana anterior, 20% do ano passado e 33% de média das últimas cinco safras. 

SAFRA CHEIA NOS EUA

Salvo problemas bastante pontuais, a nova safra dos Estados Unidos deverá ser uma safra cheia diante da boa qualidade das lavouras. Há preocupações em pequenos bolsões de Iowa e Illinois, por exemplo, mas sem extensão ou severidade que pudessem provocar uma quebra de produção. 

"Há problemas, há alguns talhões que sofrem com a estiagem, mas a grande maioria da soja e, principalmente do milho, se desenvolvem muito bem", explica o diretor da ARC Mercosul, Matheus Pereira.

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário