Estoques trimestrais de soja e milho nos EUA ficam abaixo do esperado pelo mercado e Chicago sobe

Publicado em 30/09/2020 13:20 e atualizado em 30/09/2020 16:34 3749 exibições
Estoques de soja estão 10 milhões de toneladas menores que no mesmo período de 2019 e para o milho essa redução chega a ser de 6 milhões de toneladas

LOGO nalogo

Os estoques trimestrais norte-americanos de grãos na posição de 1º de setembro foram reportados pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) nesta quarta-feira (30) e os volumes  tanto de soja quanto  milho dos Estados Unidos ficaram abaixo do esperado em momento em que a China aumenta suas compras de produtos agrícolas junto ao país.

Sobre a soja, o USDA informou os estoques em 14,23 milhões de toneladas (523 milhões de bushels), contra a média das projeções de 15,65 milhões (575 milhões de bushels) . Há um ano, o número era de 24,7 milhões de toneladas, volume 42,3% menor. 

A reação das cotações em Chicago foi imediata com altas de mais 30 pontos nos principais vencimentos logo após a divulgação dos números. 

Os estoques trimestrais de milho, por sua vez, foram reportados em 50,8 milhões de toneladas (2 bilhões de bushels), enquanto o mercado esperava 57,15 milhões de toneladas (2,25 bilhões de bushels) , volume 10,7% menor que em setembro do ano passado com 56,9 milhões de toneladas.

O milho também disparou e chegou a registrar altas de 16 pontos nos principais vencimentos nos contratos em Chicago. 

Para Vlamir Brandalizze, da Brandalizze Consulting houve um avanço expressivo da demanda pela soja americana com a China puxando as compras. "Isso é reflexo da demanda que a pandemia gerou", disse o analista durante participação no programa Tempo & Dinheiro do site Notícias Agrícolas.

O USDA informou ainda que os estoques trimestrais de trigo norte-americanos ficaram em 58,79 milhões de toneladas (2.16 bilhões de bushels) , contra a média esperada pelo mercado de 63,5 milhões de toneladas, o que representou uma queda de 7,7% em relação ao mesmo período do ano passado quando os números ficaram em 63,68 milhões de toneladas  ( 2,34 bilhões de bushels).

Vlamir Brandalizze: Estoques em queda livre nos EUA fazem Soja disparar em Chicago

Vlamir Brandalizze: Milho pega carona no consumo e no Trigo e avança forte

Estoques de soja e milho dos EUA caem enquanto exportações aumentam, indica USDA

LOGO REUTERS

CHICAGO (Reuters) - Os estoques de soja e milho dos Estados Unidos ficaram abaixo do esperado em momento em que a China aumenta suas compras de produtos agrícolas junto ao país, indicou o governo norte-americano nesta quarta-feira.

No trimestre encerrado em 1º de setembro, as ofertas de milho dos EUA recuaram em 3,024 bilhões de bushels e as de soja em 858 milhões de bushels, representando a segunda maior queda da história para ambas as commodities durante o período do verão norte-americano, segundo relatório do Departamento de Agricultura do país (USDA, na sigla em inglês).

O relatório de estoques de setembro é frequentemente questionado, com operadores aguardando por detalhes do relatório de oferta e demanda de outubro.

"Normalmente há bastante incerteza em relação ao relatório de setembro, e talvez neste ano isso esteja sendo amplificado pela quantidade de grãos em trânsito para o mercado de exportação", disse Brian Basting, economista da corretora Advance Trading.

O documento do USDA, que também indicou os estoques de trigo no menor nível em cinco anos, desencadeou um rali no mercado de futuros de Chicago. Os contratos futuros do milho saltaram 4,6%, para o mais alto nível desde 6 de março. O trigo subiu 6,1%, enquanto a soja avançou 3,7%.

O USDA disse que os estoques de soja dos EUA somavam 523 milhões de bushels em 1º de setembro. As reservas de milho totalizavam 1,995 bilhão de bushels, e as trigo figuravam em 2,159 bilhões de bushels.

"Altista por todos os lados, inegavelmente", disse Charlie Sernatinger, head global de Futuros de Grãos da ED&F Man Capital, sobre os dados. "O número para os estoques de milho foi realmente chocante, e vira as coisas de ponta-cabeça."

Analistas esperavam que o relatório apontasse os estoques de milho em 2,250 bilhões de bushels, os de trigo em 2,240 bilhões de bushels e os de soja em 576 milhões de bushels, segundo a média das estimativas em uma pesquisa da Reuters.

O USDA também reduziu sua projeção para a safra total de trigo dos EUA em 2020/21 para 1,826 bilhão de bushels, recuo de 12 milhões de bushels em relação às estimativas de agosto. Já a produção de milho de 2019 foi revista para 13,620 bilhões de bushels, versus 13,617 bilhões de bushels anteriormente.

Tags:
Por:
Aleksander Horta
Fonte:
Notícias Agrícolas/Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário