USDA: Vendas semanais de milho e trigo ficam acima do esperado nos EUA

Publicado em 27/11/2020 11:35 192 exibições

LOGO nalogo

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe seu novo reporte semanal de vendas para exportação de grãos nesta sexta-feira (27), pós feriado de Ação de Graças no país. Os números da soja ficaram dentro do esperado, enquanto milho e trigo superaram as expectativas. 

SOJA

As vendas semanais de soja norte-americana foram de 768,1 mil toneladas e registraram sua mínima da temporada. O volume é 42% menor do que o registrado na semana passada e e 47% se comparado à média das últimas quatro semanas. A China permanece como principal destino da oleaginosa dos EUA. 

Leia Mais:

+ Importações de soja da China em 2020 já ultrapassam em 8% o recorde de 2017

+ Apesar das compras recordes de agrícolas, China está distante da meta da fase um do acordo com os EUA

Em todo ano comercial, as vendas de soja do país já somam 51,930,7 milhões de toneladas do total estimado pelo USDA para ser exportado de 59,88 milhões de toneladas. Há um ano, o total acumulado era de pouco mais de 25 milhões de toneladas. 

MILHO

Já as vendas semanais de milho foram de 1,665,6 milhão de toneladas, contra expectativas de 800 mil a 1,4 milhão de toneladas. O total supera a semana anterior em 53% e o México é o maior comprador do grão americano. Na temporada, os EUA já venderam 36,921,7 milhões de toneladas, bem acima de pouco mais de 14 milhões do ano passado, nesse mesmo período. O USDA estima as exportações 2020/21 americanas em 67,31 milhões de toneladas. 

TRIGO

Assim como no milho, as vendas americanas de trigo da semana encerrada em 19 de novembro superaram as expectativas e totalizaram 795,7 mil toneladas. O intervalo esperado pelo mercado era de 200 mil a 450 mil toneladas. No caso do trigo, a China foi a responsável pela maior parte das compras. 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário