USDA traz melhora nas vendas semanais de soja e milho para exportação dos EUA

Publicado em 05/08/2021 12:27 675 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe seu novo boletim semanal de vendas para exportação e trouxe vendas do esperado tanto na soja, quanto no milho, bem como farelo e óleo.

SOJA

Na semana encerrada em 29 de julho, os EUA venderam 11,4 mil toneladas, volume baixo, mas dentro do intervalo esperado pelo pelos traders do cancelamento de 100 mil a vendas de 100 mil toneladas da oleaginosa 2020/21. O Vietnã foi o maior comprador. Em todo ano comercial, o país já comprometeu 61,920,2 63 milhões do ano passado, neste mesmo período. A estimativa do USDA para o ano comercial é de 61,78 milhões de toneladas. 

Da safra nova, as vendas foram de 424,8 mil toneladas, também dentro das expectativas que variavam de 200 mil a 550 mil toneladas. A maior parte foi adquirida por destinos não revelados. 

MILHO

As vendas semanais norte-americanas de milho da safra velha foram de 68,2 mil toneladas, dentro das projeções do cancelamento de 150 mil e as vendas de 200 mil toneladas. A maior parte tem como destino o México. Assim, o volume total vendido no cereal nesta temporada chega a 69,723,5 milhões de toneladas frente à estimativa total do USDA de 72,39 milhões. 

Os EUA venderam ainda mais 830,2 mil toneladas do milho 2021/22, acima das expectativas do mercado de 200 mil a 600 mil toneladas. Os mexicanos também foram os maiores compradores do grão da safra nova. 

"A melhora nas vendas americanas de milho 2021/22 se deve a dois pontos: a redução do excedente global de milho provocado, principalmente, pela quebra de safra no Brasil e o encarecimento do trigo no  mercado internacional", explica a equipe da Agrinvest Commodities. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário