USDA: Relatório desta 5ª é o primeiro com estimativas considerando guerra e clima adverso para início do plantio nos EUA

Publicado em 11/05/2022 17:02 8308 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O relatório mensal de oferta e demanda que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga nesta quinta-feira, 12 de maio, às 13h (horário Brasília), traz as primeiras projeções para as safras 2022/23 do país e de mais nações-chave na produção agrícola e por isso traz tanta ansiedade ao mercado. Segundo especialistas, trata-se de um reporte bastante importante para o caminhar dos preços e, tradicionalmente, bastante esperado. 

"Este do USDA será o primeiro em 2022 a oferecer uma mistura de estimativas de safras antigas e novas, levando em consideração a seca em várias regiões, a guerra na Ucrânia e uma nova temporada de plantio em andamento nos EUA', afirma Todd Hultman, analista líder do portal internacional DTN The Progressive Farmer.

PRODUÇÃO DOS EUA

Milho - A produção norte-americana de milho inspira algumas preocupações ainda diante das condições de clima que não se mostram as mais adequadas para o plantio desde que a temporada foi iniciada. O início de maio foi o mais frio e chuvoso em mais de 30 anos no Corn Belt e pode influenciar no potencial produtivo e na área plantada com o cereal no país. 

Assim, a safra esperada para o país varia, entre as expectativas do mercado, entre 366,14 e 383,94 milhões de toneladas, com média de 375,41 milhões. Há um ano, os EUA colheram 383,94 milhões. 

Soja - Para a soja, as preocupações também são grandes, mas não tanto como as do milho neste momento, uma vez que a janela de plantio é um pouco mais alongada no país. Assim, as projeções esperam algo entre 120,7 e 126,83 milhões de toneladas, com média de 125,3 milhões de toneladas. A safra 2021/22 dos Estados Unidos foi de 120,7 milhões. 

Trigo - Os números esperados pelo trigo têm média de 48,69 milhões de toneladas, em um intervalo entre 44,5 e 52,12 milhões de toneladas. A temporada anterior do grão nos EUA foi de 44,8 milhões de toneladas. 

ESTOQUES FINAIS EUA

Milho - Os estoques finais de milho dos Estados Unidos na nova safra poderiam ser estimados em algo entre 25,1 e 41,33 milhões de toneladas, com a média das projeções em 33,15 milhões. 

Soja - Para a soja, o intervalo esperado para os estoques finais 2022/23 é de 5,44 a 13,28 milhões de toneladas, levando a média a 8,68 milhões. 

Trigo - O mercado espera algo entre 15,24 e 19,73 milhões de toneladas nos estoques finais da safra nova, com média de 17,83 milhões. 

ESTOQUES FINAIS MUNDO

Milho - Os estoques finais mundiais de trigo são esperados pelo mercado entre 278 e 307,7 milhões de toneladas, com média de 295,6 milhões. 

Soja - Já para a soja, os números têm média de 98 milhões, oscilando entre 89,4 e 107,8 milhões de toneladas. 

Trigo - Sobre o trigo, o USDA poderia indicar os estoques finais globais do cereal entre 261 e 286,8 milhões de toneladas, com média de 271,6 milhões. 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário