Auditoria do TCU aponta que legalização é a solução para índios aproveitarem as riquezas do sub-solo

Publicado em 13/09/2019 13:17 e atualizado em 13/09/2019 14:11
1102 exibições
Augusto Nardes - Ministro do Tribunal de Contas da União - defende o direito de indígenas produzirem dentro das reservas
Augusto Nardes - Ministro do Tribunal de Contas da União

Podcast

Entrevista com Augusto Nardes - Ministro do Tribunal de Contas da União

Download

LOGO nalogo

Acompanhando de perto as questões indígenas do país, o Notícias Agrícolas conversou com Augusto Nardes - Ministro do Tribunal de Contas da União para entender a real situação das reservas indígenas e debater as propostas do governo. 

Para o ministro, é importante que o índio tenha a autonomia de produzir dentro das reservas. Ele ressalta ainda que produzindo como cooperativa abre as possibilidades para financiamentos com proteção ambiental e apoio com assistência técnica, por exemplo. 

"O índio quer evoluir, quer se desenvolver. Por isso, o presidente da República recebeu recentemente um grupo que representa 14 tribos para proporcionar essa possibilidade de desenvolvimento", afirma. Nardes explicou que agora, o próximo passo, é ser criadas condições de legalidade que o Estado pode proporcionar, levando o assunto para discussão em altas instâncias.

"Estamos numa evolução permanente da socidade. O índio não pode ser segundo plano. Ele é um cidadão que evoluiu, eles estão nas universidades, tem gente muito inteligente e preparada", ressalta. 

Ressaltou ainda as propostas enviadas, que segundo ele, tem como um dos principais objetivos criar um desenvolvimento sustentável. "Minha defesa é que o Brasil possa utilizar a floresta para bioeconomia e biotecnologia, utilizando ferramentas mais modernas para proteção da própria Floresta Amazônica. 

Confira a entrevista completa no vídeo acima 

Tags:
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Sergio toshihiko eko Umuarama - PR

    Para os "ambientalistas", índios não são humanos e, portanto, não estão destinados a evolução. Deve ter "rabo" no traseiros ainda como os ancestrais. Devem preservar a "cultura" de forma isolada, independente de fronteiras. Vão matar todos esses coitados...

    2