Atraso no plantio da soja preocupa produtores de algodão em Campo Novo do Parecis/MT

Publicado em 10/10/2019 10:30 1234 exibições
Gezi Júnior - Gerente do Sindicato Rural de Campo Novo Do Parecis/MT
Data limite para cultivo da soja é final de outubro, para garantir segunda safra de algodão semeada no mês de janeiro. Município deve manter os 106 mil hectares cultivados registrados na última safra.

Podcast

Atraso no plantio da soja preocupa produtores de algodão em Campo Novo do Parecis/MT

Download

LOGO nalogo

O plantio da soja está atrasado em Campo Novo do Parecis no Mato Grosso devido à falta de chuvas regulares e espalhadas por todo o município para possibilitar que a maior parte dos produtores realize sua semeadura. Apesar de ainda não representar risco para a cultura da soja, o atraso já traz preocupação aos produtores de algodão.

Segundo o gerente do Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis/MT, a janela de cultivo para o algodão é o mês de janeiro e para isso, a soja precisa ser plantada até o final de outubro. As previsões indicam condições de finalizar os trabalhos dentro do prazo, mas os produtores vão seguir apreensivos até que as precipitações realmente se confirmem.

A expectativa é que a área cultivada se mantenha nos 106 mil hectares registrados na safra passada, após subir de 74 mil hectares em 2017. Os motivos para a manutenção, além dessa incerteza sobre a janela de cultivo, são o excesso de algodão brasileiro após a última super safra e as dúvidas sobre a demanda em meio à Guerra Comercial entre China e Estados Unidos.

Confira a íntegra da entrevista com o gerente do Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis/MT no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário