Cooxupé já negociou 40% do café da safra nova a preços acima de R$500,00/sc; produtor tem que ficar atento às oportunidades

Publicado em 12/02/2020 10:36
3598 exibições
"Super safra (de café) não existe" , afirma presidente da Cooxupé. Ele acredita em volumes muito parecidos com os produzidos em 2018, próximos de 60 milhões de sacas
Carlos Augusto Rodrigues de Melo - Presidente Cooxupé

Podcast

Entrevista com Carlos Augusto Rodrigues de Melo - Presidente Cooxupé

Download

LOGO nalogo

O Notícias Agrícolas participa a partir desta quarta-feira (12) da Femagri, a principal feira de negócios da cafeicultura do Brasil, realizada em Guaxupé, sul de Minas Gerais. Desde o início de 2020 produtores vem enfrentando preços abaixo do que era esperado pelo setor e Carlos Augusto Rodrigues de Melo, presidente da Cooxupé, destaca que o momento não é o cenário ideal para o produtor. Para suprir todas as necessidades, é preciso que o preço do café fique entre R$ 500 e 600.

Segundo o presidente, nos próximos dias a Cooxupé deve divulgar as estimativas de produtividade da safra 20/21, mas já destaca que os levantamentos não apontam para uma super safra ou safra recorde, como vem sendo falado nos últimos dois meses, o que também acaba impactando diretamente nos preços na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Carlos afirma ainda que a safra será de ciclo alto, mas não será maior que 2018, por exemplo.

"Diante de uma safra pequena de 50 milhões com uma safra de 60 milhões, isso não supre as necessidades do Brasil", afirma. Atualmente o Brasil exporta mais de 40 milhões de sacas e consome mais de 20 milhões, indicando que não haverá sobra de café no mercado. Afirma que os estoques atuais é o menor nos últimos 10 dez anos. 

Destaca também que as altas entre os meses de novembro e dezembro de 2019 foram importantes para que bons negócios fossem fechados no período. De acordo com o presidente, atualmente a Cooxupé tem cerca de 2 milhões de sacas já vendidas com preços acima de R$ 500, o que acaba gerando uma segurança maior ao produtor. 

"O Brasil precisa colher 60 milhões, hoje não existe estoque governamental, nosso estoques estão zerados", comenta e afirma que quando o mercado perceber que a safra poderá não ser tão alta como vem sendo estimada, os preços podem voltar a subir em Nova York, gerando também um maior número de negócios no mercado físico brasileiro. 

De 12 a 14 de fevereiro, o site Notícias Agrícolas estará na Femagri, maior feira agrícola voltada para o setor cafeeiro e organizada pela Cooxupé, em Guaxupé/MG. Diretamente do evento, as equipes do site trarão informações do setor cafeeiro, novidades em tecnologia e opiniões de especialistas para que os cafeicultores tomem as melhores decisões. Acompanhe também as redes sociais do Notícias Agricolas pelo InstagramFacebook LinkedIn.

Por:
Aleksander Horta e Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Daniel Cruz Torres

    Tem uns pequenos erros de português no texto. Nada que comprometa sua qualidade informativa ...

    4