Depois de registrar chuvas, boa parte da região Central deve passar por uma redução dos volumes na segunda semana de outubro

Publicado em 27/09/2019 12:41 e atualizado em 27/09/2019 15:22
912 exibições
Padrão chuvoso no Sul do país está consolidado. Apenas Norte e parte do Oeste do Paraná ainda requerem atenção
Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet

Podcast

Entrevista com Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet sobre o Previsão do Tempo

Download

LOGO nalogo

Muitas regiões produtoras registram chuvas nos últimos dias. Para saber se as chuvas vieram para ficar e garantir a produtividade, nesta sexta-feira (27) o Notícias Agrícolas conversou novamente com Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet. 

De acordo com Francisco, a primavera começou com chuvas significativas, pórem ainda não consolidam a chegada das chuvas. Os dados do Inmet indicam ainda que nos últimos dias muitas regiões que estavam sofrendo com o período de seca como a região do café, em Minas Gerais, tiveram chuvas significativas.

>>> Com chuvas menores do que o necessário, produtores de Maringá/PR devem ter cautela no plantio da soja

No estado do Paraná, onde os produtores aguardam pela chuva para início da semeadura da soja, a situação já é mais confortável. Apesar das chuvas registraram de cerca de 20 a 30 milímetros, ainda persistem as condições de chuvas irregulares. 

Os mapas que avaliam as condições da umidade na profundidade do solo já apresentam melhores condições em alguns pontos do país, quando comparados com os avaliados na última segunda-feira (23). A região Sul apresenta boas condições e o norte do Paraná vem melhorando gradativamente. "Ainda está na faixa de 40 a 50 milímetros de profundidade, o ideal é passar de 60mm", afirma o especialista se referindo as condições de plantio. 

>>> Tempo: Chuvas retornam para todo o Centro-Oeste, mas volumes diminuem nesse final de mês e vem calor

Os dados do Inmet indicaram ainda que nesta sexta choveu no norte de Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás e Distrito Federal, além de indicaram mais condições de chuvas para estas regiões assim como o Oeste da Bahia. Depois de dessas chuvas, boa parte da região Central deve passar por uma redução dos volumes em outubro. "Entre a primeira semana e a segunda semana de outubro ainda vai dar um período de estiagem na região central do Brasil", explica. 

Ainda de acordo com o especialista, as chuvas devem se concentrar no sul do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. "Ou seja o norte do estado do Paraná vai conter chuva sim, mas ainda são chuvas de maneira irregular, afirma. As regiões sul e leste de São Paulo também aparecem com aumento significativo de precipitação nos mapas do Inmet. 

Confira a análise completa no vídeo acima

0 comentário