Semana inicia com muita chuva no Sul e encerra com quedas bruscas nas temperaturas do Centro-Oeste, Sudeste e Sul

Publicado em 14/08/2020 12:25 e atualizado em 17/08/2020 11:07 4218 exibições
Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet
Chuvas no PR podem passar de 200 mm no acumulado da semana e quedas nas temperaturas devem variar de 8 a 16 graus em quase toda metade sul do Brasil

Podcast

Entrevista com Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet sobre a Previsão do Tempo

Download

LOGO nalogo

A semana foi marcada por chuvas volumosas na parte sul do país. A tendência, segundo as previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a frente deve avançar para outras regiões do país nos próximos dias. 

Segundo Francisco de Assis Diniz, meteorologista do Inmet, após a passagem do sistema, um frio intenso deve atingir tanto o sul do Brasil e também áreas da região central do país. Os mapas do Inmet mostram que as chuvas no sul foram expressivas, com volumes entre 50 e 60 milímetros no acumulado dos últimos cinco dias. 

Veja o mapa de acumulado dos últimos cinco dias em todo o Brasil: 

Últimos 5 dias - Inmet
Fonte: Inmet

Os modelos mais recentes do Inmet indicam que chuvas volumosas no final de semana para o norte do Rio Grande do Sul e para Santa Catarina. No domingo, as condições avançam também para o Paraná e Mato Grosso do Sul. As previsões indicam que as chuvas devem ter forças para chegar até São Paulo a partir do dia 17, próxima segunda-feira.

Os ventos fortes na atmosfera devem se manter em atuação no sul do Brasil e chama atenção os volumes previstos para o Paraná, onde os acumulados podem ultrapassar os 200 mm na próxima semana. "Uma semana chuvosa na região sul do Brasil, principalmente no Paraná acima de 200 mm, mais do que a climatologia do mês", comenta. 

A partir do dia 22 uma massa de ar frio deve ganhar força e derrubar as temperaturas no sul do Brasil, Sudeste e Centro-Oeste, com destaque para a região oeste dos estados. Francisco destaca que o declínio deve acontecer entre 8 e 16 graus, afirmando que o ar deve passar de maneira rápida, com duração de dois dias. "Ainda é cedo, mas provavelmente a gente pode ter condição de geadas nas serras de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Sudoeste do Paraná", comenta. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para o final de semana: 

93 horas - Inmet - 1408
Fonte: Inmet 

 

 

Por:
Aleksander Horta e Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário