DA REDAÇÃO: Produtividade da soja no Brasil tem queda agravada por adulteração nos fertilizantes

Publicado em 04/04/2012 14:12 e atualizado em 04/04/2012 17:23 664 exibições
Soja: mercados internacional e interno explodem, favorecem negócios para o produtor que ainda tem soja para comercializar. Por outro lado, insumos acompanham altas e relação de troca está cada vez mais cara. Aprosoja corre para conseguir liberação do Governo para novos fertilizantes, mais baratos e diferentes, para controlar proliferação da ferrugem asiática.
Com altos preços da soja na Bolsa de Chicago, recomendação ao produtor é que comece a travar a safra do próximo ano. Além de participar do mercado, deve-se ficar atento aos preços dos insumos, como os fertilizantes, que encarecem conforme as cotações da oleaginosa crescem.

No Brasil, as despesas com esses produtos são altas e ainda não garantem um bom resultado. Isso porque os fertilizantes que estão no mercado não se desenvolveram, criando resistência nas pragas como a ferrugem asiática. Essa doença atormenta os agricultores há muito tempo e já refletiram em prejuízo de 2 milhões de toneladas no Mato Grosso.

Um estudo realizado nesse estado constatou que 43% dos fertilizantes de uma amostra estavam adulterados. Isso prova que o Ministério da Agricultura não está fiscalizando corretamente tais produtos e isso tem acarretado um prejuízo de quase 1 bilhão de reais.
Por:
João Batista Olivi e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário