MERCADO FORA DAS BOLSAS: Confira a análise sobre os principais produtos fora da bolsa com Aleksander Horta - Jornalista

Publicado em 25/06/2012 13:18 e atualizado em 25/06/2012 17:28 272 exibições
Semana começa com muita oferta de feijão comercial e o volume excessivo prejudica cotações de produtos de melhor qualidade. Preços do carioca extra caem 2,5% , mesmo com pouca oferta.
FEIJÃO: Neste início de semana, o mercado de feijão carioca recebeu um volume considerado expressivo de novas entradas. Foram ofertadas 33 mil sacas e negociadas 21% do total. Hoje os preços caíram em virtude da maior oferta do grão e a menor vontade de adquirir o produto por parte dos compradores. Hoje havia pouco feijão de boa qualidade, mas mesmo assim diante da boa oferta o mercado ficou calmo e os preços recuaram. Os problemas de machas ainda persistem na maior parte do volume ofertado.

Carioca Extra – atacado em SP - está cotada a R$ 192,50 em média – queda de 2,53% em relação ao preço de sexta-feira.

Fonte: Safras

OVO: Após significativa valorização entre o final de maio e os primeiros 10 dias de junho, o preço do ovo acabou se estabilizando. Assim, na quarta semana do mês, o ovo conseguiu se manter na melhor cotação de 2012.

A alta poderia ser maior, no entanto a demanda na segunda quinzena do mês limitou esse movimento, até porque, a oferta do produto permanece absolutamente ajustada. De toda forma, os valores alcançados apresentaram valorização de 6,5% sobre junho de 2011 e de 13% sobre o mês maio.  Faltando agora apenas cinco dias para o encerramento de junho, o mercado do ovo já começa a operar em função da chegada de novo mês, ocasião em que as negociações se tornam mais dinâmicas. Assim, a expectativa de reajustes imediatos não está afastada.
OVO Extra branco R$ 55,00 / Cx com 30 dzs - alta de 6,5% em relação a junho.

Fonte: Ovo online

MANDIOCA: A maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea registrou volume significativo de chuvas na semana passada. Os trabalhos de campo foram dificultados e o ritmo de colheita diminuiu de forma expressiva, com recuo na quantidade de mandioca processada pela indústria de fécula. Apesar de a oferta ter sido menor, os preços da raiz tiveram queda, de acordo com dados do Cepea. A baixa está atrelada à falta de liquidez no mercado de derivados, com destaque para o de fécula. Fica a expectativa de melhora na demanda para o início do mês.
Mandioca indústria Ourinhos- SP R$175,90 tonelada - queda de 9,97% na semana.

Fonte: IEA

Por:
Aleksander Horta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário