DA REDAÇÃO: Quebra na produção de laranja no RS chega a 50%

Publicado em 29/08/2012 14:28 e atualizado em 29/08/2012 17:45 438 exibições
Citricultura: Na fronteira oeste do RS, mercado é voltado para frutas de mesa, como bergamota. Seca e estiagem queimaram frutas, que ficaram sem qualidade e tiveram baixa nos preços. Cerca de 90% da produção é destinada ao mercado interno.
Foi divulgada ontem (28) no Diário Oficial da União (DOU) uma normativa que aumenta para 50% a quantidade mínima do suco da fruta nas bebidas comercializadas no Brasil como néctar de laranja.

Segundo o gerente de produção Citrusul, Toni Gonçalves, na fronteira oeste do Rio Grande do Sul, o mercado é voltado para frutas de mesa, como bergamota. “Na nossa região são cerca de 500 hectares de plantações”, afirmou.

Apesar da crise enfrentada pelo setor, a laranja de mesa ainda mantém bons preços no mercado. O gerente explica que, houve uma quebra, em função do clima. “Vínhamos atravessando uma seca estendida e depois pegamos o frio forte que queimou as frutas o que resultou em uma redução no tamanho das frutas e por consequência diminuiu também o preço”, disse.

Na região, as quebras chegaram a 50% da produção. E cerca de 90% das laranjas são destinadas ao mercado interno.

Por:
João Batista Olivi/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário