DA REDAÇÃO: Demarcação indígena pode retirar 500 famílias de área em Tacuru (MS)

Publicado em 01/04/2013 11:18 e atualizado em 01/04/2013 13:46
357 exibições
Questão indígena: Em Tacuru (MS) área de 71 mil hectares passa por processo de demarcação de área indígena. Cerca de 500 famílias atualmente residem na área, sendo 300 famílias de pequenos agricultores de dois assentamentos. Na sexta-feira (5) audiência pública e carreata irão acontecer no município.
Em Tacuru (MS), 71 mil hectares estão em processo de demarcação de área indígena pela Funai. De acordo com a presidente do Sindicato Rural do município, Maria Neide Casagrande Munaretto, na área residem hoje 500 famílias, sendo 300 famílias de pequenos produtores pertencentes a dois assentamentos. 

O processo se desenrola desde 2012, enquanto no município há produtores com título de posse de mais de 100 anos da área. Segundo Maria, indígenas de aldeias do município alegam não ter interesse em novas demarcações, mas sim em mais apoio e infraestrutura social do órgão governamental. 

Na próxima sexta-feira, dia 5, uma carreata e uma audiência pública serão realizadas no município a fim de conscientizar a população sobre o impacto da demarcação em Tacuru. 
Por: Ana Paula Pereira
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário