DA REDAÇÃO: Expectativa de supersafra americana mantém preços da soja pressionados no mercado internacional

Publicado em 21/07/2014 13:52 e atualizado em 21/07/2014 17:34 636 exibições
Soja cai em Chicago com previsões de clima favorável para as lavouras norte-americanas. No Brasil os prêmios nos portos mantêm preços em reais ainda com bom suporte. Demanda dá mostra de aumento mais à frente, pois as compras aceleraram com a baixa nas cotações.

O clima favorável nas lavouras de soja dos Estados Unidos e a expectativa de uma supersafra traz pressão nos preços na Bolsa de Chicago. Para o consultor da Safras & Mercados, Flávio França Jr., é normal que haja um recuo nos contratos com uma maior oferta de grãos, cerca de 103 milhões de toneladas.  Além disso, o clima é predominantemente favorável e quase não há previsões contrárias para as lavouras americanas.

Os próximos meses tendem a ser difíceis para o mercado, com a expectativa de uma grande oferta de grãos e com os períodos de colheitas a partir de setembro. Isso faz com que a grande oferta diminua os preços, mesmo com uma demanda bastante crescente, principalmente para a China. França explica que mesmo com grandes negociações sendo realizadas, não é suficiente para combater esse momento de pressão.  

Já no Brasil, 80% da safra velha foi negociada e a tendência é de que os produtores aguardem preços melhores para vender os grãos remanescentes. Além disso, terão de contar com a valorização dos prêmios nos portos brasileiros e uma situação melhor para a taxa de câmbio no período próximo das eleições presidenciais para garantir a remuneração. 

Por:
João Batista Olivi // Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário