DA REDAÇÃO: Mercados de frangos e suínos terão expansão de negócios, mas é preciso ter prudência, aponta consultor

Publicado em 13/08/2014 19:16 e atualizado em 14/08/2014 09:17 372 exibições
CARNES - Demanda da Rússia deve ser planejada por 4 a 6 meses de fornecimento. Depois disso é de se esperar um acerto entre as grandes Nações e, novamente, russos poderão deixar o Brasil sem encomendas fortes. Por enquanto preços para suinos e frango tem boa tendencia de alta.

Os mercados de frangos e suínos devem ter uma expansão de negócios provocada pelas exportações adicionais para a Rússia, mas, segundo o consultor Osler Desouzart, da OD Consulting, esse momento deve durar de 4 a 6 meses, o que ajudará a estabilizar os preços dos frangos e reforçar a posição dos suínos. "Mas eu recomendaria o povo a ter um pouco de prudência", aponta o consultor.

De acordo com Osler, o momento tem prazo de validade, uma vez que os países podem voltar a se acertar. O momento é bom, mas produtores e frigoríficos não devem se empolgar.

Grãos

Já era esperada uma baixa para trigo, soja e milho, mas essas mesmas previsões apontam para uma estabilização e retomada discreta dos preços a partir de 2016. A China entra como forte importadora de milho, além das demandas permanentes de soja. "Só veria com menos otimismo o trigo", diz Osler.

Por:
João Batista Olivi // Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário