EXCLUSIVO: Mercado do boi gordo segue pressionado com amento de oferta e ritmo lento das exportações

Publicado em 31/05/2011 12:55 e atualizado em 31/05/2011 15:16 485 exibições
Boi: preços caem em São Paulo e negócios já chegam à casa dos R$94,00/@. O boi casado também caiu e nesta terça-feira(31) os negócios ocorrem na casa de R$5,90. Pressão vem da queda nas exportações de carne e do aumento no volume de animais terminados.

Mercado do boi gordo inicia a semana pressionado, com registro de queda nos preços em várias praças pecuárias. Em São Paulo e no Mato Grosso, por exemplo, a arroba já é negociada a entre R$ 94,00 a R$ 95,00. O boi casado também caiu nesta terça-feira, com negociações em torno de R$ 5,90.

As condições desfavoráveis de pastagens ocasionada pela queda das temperaturas nas regiões produtoras ocasiona um aumento de oferta de animais no mercado. Além disso, a desvalorização cambial e a lentidão das  exportações de carne bovina para o Oriente Médio e para a Rússsia deixam o mercado ainda mais enfraquecido. "Esse acúmulo de carne no mercado interno perante uma demanda fraca faz com que a carne caia e impossibilite o frigorífico de pagar mais", comenta o operador de mercado da InterBolsa, André Criveli.

André acredita que, mesmo com o início do mês, período em que geralmente há maior capitalização da populção e consequente recuperação do mercado, os preços da arroba não devem ganhar fôlego. No curto prazo, o operador acredita que ios preços permaneçam estáveis com possibilidades de leves baixas, com a queda das temperatiras. "Já para o segundo semestre, o mercado deve ficar mais firme, mas nada muito promissor até o final do ano", acredita.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário