DA REDAÇÃO: Retorno da índia e Rússia às exportações pressionam o mercado brasileiro

Publicado em 11/08/2011 14:13 e atualizado em 11/08/2011 18:26 410 exibições
Trigo: volta da Rússia e da Índia às exportações pressionarão a produção no Brasil. Câmbio desvalorizado tira competitividade brasileira do mercado internacional. Governo precisa se preparar para garantir preços para o excedente da safra.
A volta da Rússia e da Índia como exportadores vai refletir no mercado brasileiro e do Mercosul mais que a situação dos Estados Unidos e o relatório sobre a redução da safra divulgado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). Essa é a tese do analista da Correpar, João Donizeti Garcia.

O retorno da Rússia ocorreu no dia primeiro de julho deste ano. O país havia suspendido as exportações em agosto do ano passado devido a uma quebra violenta de safra. O seu regresso foi suficiente para pressionar os preços no Brasil. Já a Índia estava desde 2007 fora do mercado, dedicando-se apenas ao consumo interno.

O câmbio baixo também está prejudicando a competitividade da safra de trigo do Rio Grande do Sul frente à concorrência internacional. O Brasil, que já não é tradicionalmente exportador do produto, não deve conseguir vender o trigo neste ano. Enquanto isso, o Paraguai tem oferecido o cereal a preços mais atraentes ao mercado mundial.

Com isso, o governo brasileiro terá de intervir com políticas de crédito de garantia de preço mínimo para auxiliar os produtores de trigo brasileiros.

Por:
João Batista Olivi e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário