DA REDAÇÃO: Sul brasileiro terá quebra em safra de cebola e preços podem subir

Publicado em 11/11/2011 10:34 e atualizado em 11/11/2011 12:18 313 exibições
Cebola: Quebra de produtividade no Sul deve pressionar preços para cima a partir de janeiro. Para o final do ano, mercado deve se manter estável, garantindo rentabilidade para o produtor.
O denso volume de chuvas e a queda de granizos que atingiram o Sul do Brasil em julho e agosto atrasaram o plantio de cebola na Região e retardaram o desenvolvimento das mudas, impactando em quebra de produtividade de 15% na safra produzida principalmente por Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

De acordo com o pesquisador do Cepea, Rafael Tepetti, as principais regiões que hoje ofertam cebola no mercado brasileiro já apresentam redução no volume disponível. “No início de 2012 praticamente só o Sul do País irá ofertar no mercado, e isso deve pressionar os preços”, explica.

No entanto, em curto prazo, os preços pagos ao produtor devem se manter estáveis. Hoje, considerando as regiões produtoras, o preço pago na roça é de R$0,45/kg da cebola. Segundo Tapetti, esse preço está acima do custo mínimo e oferece rentabilidade para o produtor devido à boa produtividade. Apesar de rentável, o preço ainda é baixo para o agricultor e mudanças significativas só poderão ser sentidas em 2012. 

Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário