Na região de Laguna Carapã (MS), ataque de javalis nas lavouras de milho safrinha ocasiona perdas

Publicado em 13/05/2015 11:38
Na região de Laguna Carapã (MS), ataque de javalis nas lavouras de milho safrinha ocasiona perdas. Em algumas localidades, a quebra pode ficar acima de 10%. Com a falta de predador natural, a população dos animais aumenta. A caça dos javalis não é autorizada no município. Enquanto isso, preços recuaram nos últimos dias, de R$ 22,00, para R$ 15,00. Negócios caminham de maneira lenta.

Na região de Laguna Carapã (MS), o ataque de javalis nas lavouras de milho safrinha tem ocasionado prejuízos aos produtores. Em algumas localidades, as perdas podem superar 10% da área semeada nesta temporada. A perspectiva é que a produtividade média das lavouras ficasse entre 80 sacas a 90 sacas do grão por hectare. O cenário também se repete em outras cidades e estados.

O produtor rural do município, Neuro Marcos Dalbosco, destaca que não há seguro das lavouras para essa tipo de perda.  “Somente no ano, perdi mais de 4 mil sacas de milho em uma área de 600 hectares. O grande problema é que não temos um predador natural e, com isso, a população de animais cresce a cada ano. E também não temos autorização para caçar os animais”, afirma.

Para tentar solucionar o problema, os produtores já tentaram até mesmo utilizar fogos de artifício para assustar os javalis, mas sem sucesso. “Depois de um tempo os animais se acostumam com o barulho e a região é muito grande. Estamos, inclusive pedindo ajuda para tentar resolver o impasse e amenizar as perdas na produção”, completa Dalbosco.

Além dos prejuízos, a situação tem desanimado os produtores, que poderão reduzir a área semeada com o grão na próxima safrinha. “Eu mesmo já reduzi 250 hectares para tentar evitar o ataque dos animais, porém, não resolveu”, sinaliza o agricultor.

Preços

Enquanto isso, a queda nos preços da saca do milho na região também preocupam os produtores. Desde o início da semeadura, as cotações recuaram de R$ 22,00 para R$ 15,00. Em meio à esse quadro, os produtores têm segurado as vendas, à espera de melhores oportunidades.

“Não é só a queda dos preços, temos preocupações com as pragas, os animais nas lavouras. E não temos uma certeza em relação à safra, uma vez que, ainda podemos ter perdas em decorrência de possíveis geadas”, acredita Dalbosco.

Confira fotos enviadas pelo produtor rural:

Imagem do Dia - Lavoura de milho safrinha após ataque de Javali em Laguna Carapã (MS), do produtor Neuro Marcos Dalbosco

Imagem do Dia - Lavoura de milho safrinha após ataque de Javali em Laguna Carapã (MS), do produtor Neuro Marcos Dalbosco

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Jorge Augusto Salles rondonopolis - MT

    O javali não é o problema! o problema são os ambientalistas que não ligam para fatos... O problema do Brasil é que as pessoas que defendem os animais não vão atras de informações e de realizar pesquisas e estudos sobre CONTROLE POPULACIONAL.

    A liberação da caça ao Javali e seus cruzamentos não atende ao real problema Brasileiro onde temos populações de queixadas, catetos (caititu), porco monteiro, etc., explodindo no Mato Grosso e demais regiões produtoras.

    Se pesquisarem o que faz a Austrália, Estados Unidos e Europa, verão que fazem pesquisas para conseguir dados reais da situação de cada espécime..., com isso, grupos especializados (e subsidiados) pelo Governo realizam o controle..., as leis de caças existem e são utilizadas para manejo e não extermínio, como imaginam nossos ambientalistas.

    Um dia conseguiremos que leis e medidas sejam tomadas por fatos e razão!

    www.youtube.com/watch?v=b7O7ovNi42U

    0
    • Samoil Ivanoff Querencia - MT

      Nos EUA os órgãos públicos funcionam e contribuem para desenvolver o pais.

      E os orgons públicos no Brasil os orgons públicos são usados para esturquir dinheiro do povo Brasileiro

      0
    • Guilherme Frederico Lamb Assis - SP

      Orgãos publicos nos EUA tem poderes limitados, diferentemente do Brasil

      0
    • Dalzir Vitoria Uberlândia - MG

      Chamen o Guerra...que ele cria leis para engessar os javalis...e cria encargos que não são dos produtores e os repassa a classe...

      0