Colheita do milho registra leve queda de produtividade em Ipiranga do Norte/MT

Publicado em 30/08/2019 11:12
408 exibições
Produtores do município se preocupam agora com as condições climáticas para realizar o plantio da próxima safra de soja 2019/20, uma vez que falta de chuvas pode atrasar o início dos trabalhos.
Valcir Batista Gheno - Presidente do Sindicato Rural de Ipiranga do Norte/MT

Podcast

Entrevista com Valcir Batista Gheno sobre o Acompanhamento de Safra do Milho

Download

LOGO nalogo

A colheita do milho safrinha em Ipiranga do Norte no Mato Grosso se encerrou com média de produtividade próximas às 100/110 sacas por hectare, patamar levemente mais baixo do que o registrado no ano passado.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Ipiranga do Norte/MT, Valcir Batista Gheno, o excesso de chuvas e a incidência de grãos ardidos foram responsáveis por essa queda, mas quedas vendas foram fechadas com preços entre 18 e 21 reais, o que ajudou a equilibrar as contas, mesmo com menos produção.

No momento, a preocupação dos produtores passa a ser a capacidade de realizar o plantio da próxima safra de soja 2019/20 logo após o término do vazio sanitário em 15 de setembro. De acordo com Gheno, é preciso ter cautela e ficar atento à umidade do solo para realizar a semeadura apenas quando o solo estiver úmido.

Na busca por fechar vendas antecipadas e travar os custos, os produtores do município aproveitam este momento de incerteza quanto a safra americana e dólar mais alto para buscar vendas futuras em bons níveis de preços.

Confira a íntegra da entrevista com o presidente do Sindicato Rural de Ipiranga do Norte/MT no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário