Produtores de milho no Mato Grosso armazenam os 10% restantes desta safra e avançam nas vendas da temporada 20/21

Publicado em 11/08/2020 11:33 e atualizado em 12/08/2020 09:42 1553 exibições
Daniel Latorraca Ferreira - Superintendente do Imea - Cuiabá/MT
Superintendente do Imea destaca mercado aquecido para a próxima safra de milho no estado e cotações subindo mesmo com o avanço da colheita. Preços devem se manter firmes no MT e próxima safra pode ter novo aumento de área cultivada

Podcast

Produtores de milho no Mato Grosso armazenam os 10% restantes desta safra e avançam nas vendas da temporada 20/21

Download

LOGO nalogo

A segunda safra de milho no Mato Grosso se aproxima do final com mais de 98% das lavouras já colhidas até o final da última semana. As negociações desta produção também estão bastante avançadas, com mais de 90% já vendido.

Segundo o superintendente do Imea, Daniel Latorraca Ferreira, neste momento os produtores optam por armazenar este volume restante aguardando as movimentações de mercado, que segue sustentado para o cereal, inclusive com aumento de preço em plena colheita.

O momento de mercado aquecido, com a demanda interna e externa em alta, estimula um grande avanço na comercialização da próxima safra 2020/21, que já tem cerca de 40% da produção estimada vendida.

A expectativa de Ferreira é que os preços do milho sigam em alta no estado, estimulando o otimismo dos produtores mato-grossenses que podem, novamente, ampliar a área cultivada para o ciclo 2020/21.

Confira a íntegra da entrevista com o superintendente do Imea no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas/Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário