HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Geadas podem elevar para 70% a perda na produtividade do milho safrinha em Cândido Mota (SP)

Publicado em 21/07/2021 10:44 e atualizado em 21/07/2021 11:30 803 exibições
Antônio José Tondato - Produtor Rural - Cândido Mota/SP
Município foi atingido pelas baixas temperaturas no final de junho e nesta segunda-feira (19), prejudicando principalmente o milho mais novo

Podcast

Entrevista com Antônio José Tondato - Produtor Rural - Cândido Mota/SP sobre a Safra de Milho

Logotipo Notícias Agrícolas

A colheita do milho safrinha em Cândido Mota (SP) ainda está iniciando, com cerca de 10% a 15% das áreas colhidas, mas já é possível projetar uma perda na produtividade em torno de 70%, segundo o produtor rural Antônio José Tondato. 

Ele explica que foram cerca de 65 dias de estiagem castigando o desenvolvimento das plantas no campo, ataques da cigarrinha do milho, e para piorar, dois episódios de geadas severas: uma no final de junho e outra nesta segunda-feira (19). 

"De forma geral, em uma média, acredito que os produtores daqui devam colher entre 30 a 35 sacas por hectare. Estávamos com um pouco mais de esperança com o milho mais novo porque choveu no começo de julho, mas com essas duas geadas, as perdas foram grandes", disse. 

Além da baixa produtividade, Tondato teme que o que for colhido tenha baixa qualidade, uma vez que a geada "murcha" a espiga e os grãos. "Tem produtor daqui que não vai entrar nem com a máquina na lavoura", afirma. 

"Acredito que, por causa das perdas de uma forma geral nas regiões produtoras, o preço do milho vai subir bastante, mas o que for colhido aqui em Cândido Mota, se vendido a bons preços, pode até cobrir os custos de produção, mas o produtor não deve te rlucro", lamentou.

 

 

 

Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário