Número de integrantes da FPA reduz com baixo índice de parlamentares reeleitos,mas expectativa é de uma bancada renovada em 2019

Publicado em 11/10/2018 12:07 e atualizado em 11/10/2018 16:25
495 exibições
SRB entende que novos eleitos com perfil pró-mercado tendem a aderir a bancada ruralista
João Francisco Adrien Fernandes - Diretor Executivo da Sociedade Rural Brasileira

Podcast

Entrevista com João Francisco Adrien Fernandes - Diretor Executivo da Sociedade Rural Brasileira sobre a Renovação do Congresso

Download

LOGO nalogo

Apesar do número de deputados reeleitos que são integrantes da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) ter sido reduzido nestas eleições, mas a expectativa é que a nova bancada tenha parlamentares alinhados com o mercado.

Segundo o Diretor-executivo da Sociedade Rural Brasileira, João Francisco Adrien Fernandes, antes da eleição a expectativa era que a taxa de renovação fosse muito baixa. “Primeiro pela questão do fundo partidário e segundo por não ter mais empresas financiando de campanha eleitoral”, afirma.

Nesta eleição, as redes sociais foram determinantes para a comunicação e promoção dos deputados. A renovação no congresso influenciou na composição da FPA, que teve 38% dos deputados reeleitos.  

“A nossa visão é que a Frente Parlamentar terá uma cara nova. Nós vamos ter uma renovação do congresso muito importante e com deputados que estão alinhados com as demandas e anseios do setor agropecuário”, comenta.

Os partidos mais tradicionais perderam bancadas, enquanto, as legendas menores, que tinham apenas um deputado,  conseguiram eleger 52 deputados.  “Nós vimos partidos que historicamente não tinham deputados de longas datas que conseguiram se reeleger”, completa.

Leia mais: 

>>  Renovação no Congresso Nacional deve fortalecer representatividade do agro brasileiro

Por: Carla Mendes e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário